in

Aos 34 anos, Mascherano se declara ao Corinthians e pode voltar em 2019

Divulgação / Central das Notícias
Publicidade

O zagueiro/volante argentino, Javier Mascherano, já defendeu o Corinthians em 2005. Foi uma passagem conturbada, com brigas com o ídolo Marcelinho Carioca; e também alguns escândalos. Mas, mesmo assim, o argentino saiu campeão brasileiro daquele ano.

Com um elenco fortíssimo, que também contava com Tévez, o zagueiro se tornou um dos ídolos estrangeiros da história do Timão. Aos 34 anos, o jogador se declarou ao Corinthians e afirmou um desejo de voltar ao Alvinegro de Itaquera.

A informação foi dada por jornais chineses e ascendeu o desejo de que o Timão pode ter um grande reforço para a parte defensiva na próxima temporada. O defensor jogou a Copa do Mundo de 2018 e foi um grande destaque.

Publicidade

A diretoria do Corinthians ainda não anunciou um interesse oficial pelo atleta, mas é possível que uma proposta se concretize nos próximos dias. Também surgiram especulações de um possível retorno ao River Plate.

Publicidade

Quando Tévez foi ao Corinthians, ele era a grande estrela do Boca Júniors, e não foi só um clube argentino que foi desfalcado. Mascherano também era a grande estrela do rival River Plate, e o desfalcou para ir ao Timão.

Na época, o Corinthians tinha um gigante patrocínio da MSI e construiu um elenco galáctico, dificilmente antes visto na história do futebol brasileiro, depois que o europeu ganhou forças. Antigamente, era normal os clubes brasileiros terem os maiores elencos do mundo, mas depois da década de 90, essa força foi, aos poucos, se acabando. Em 2000, já era impossível um clube brasileiro ter um elenco tão forte. Entretanto, o Corinthians conseguiu.

Bruno Avila

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com