in

Juíza que condenou Frota sofre retaliação e é ameaçada de abuso

Veja
Publicidade

A juíza Adriana Freisleben de Zanetti, da 2ª Vara de Osasco (SP), recentemente condenou o deputado-federal eleito Alexandre Frota do PSL por difamação e injúria contra o deputado Jean Willys do PSOL.

Publicidade

Frota atribuiu a Jean uma frase que nunca foi mencionada pelo ex-BBB. Depois desta decisão a vida da juíza mudou da noite para o dia. Tudo isso por conta de uma foto que Alexandre postou de Adriana. 

Publicidade

A publicação foi feita logo depois que ele recebeu a sentença de sua condenação. Isso acabou fazendo com que os fãs do deputado proferissem vários palavrões contra a juíza que não podem ser publicados devido a baixaria. 

Diante da situação, a juíza apresentou uma carta com as ofensas ao Ministério Público Federal. “Tomei conhecimento de diversas ofensas a minha honra em razão da postagem feita no Facebook pelo sr. Alexandre Frota de Andrade nos dias 18 e 19 de dezembro de 2018. Nesse contexto, o fato é muito grave”. 

Publicidade


A juíza destacou que muitos dos comentários foram feitos após a publicação da foto por parte do político. Em um deles, Adriana chega a citar a seguinte frase: “leva a crer que se trata de eventual ameaça de estupro”. Baseado nisso ela disse estar se sentindo ofendida e constrangida com as declarações. 

A condenação dada pela juíza no último dia 17 de dezembro determina que Alexandre Frota pague uma multa de mais de R$ 295 mil, além de prestar serviços à comunidade no Fórum Federal da região de cotia por dois anos. De acordo com o advogado do político, um de seus trabalhos será picotar papel.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.