in

Temer cede a Bolsonaro e dá ‘pior presente’ aos bandidos do Brasil: ‘Alma leve’

Veja

O presidente Michel Temer cedeu a um pedido do presidente eleito, Jair Bolsonaro. Em um dos seus últimos atos como chefe de estado, Temer não assinou o chamado indulto de Natal. Essa é uma prerrogativa do presidente da república, que permite que presos não ‘violentos’ sejam soltos por um decreto.

Entre essa leva, podem ser soltos, por exemplo, detentos chamados de “colarinho branco”, como os presos políticos. Além disso, Michel Temer deixou uma mensagem de Natal ao país. Assim como já havia acontecendo, essa mensagem não foi transmitida em rede nacional, mas sim apenas na internet. 

O sucessor de Dilma Rousseff garante que se sente com o dever cumprido. Mesmo assim, Michel diz que queria que sua gestão fosse ainda melhor, tendo deixado um país mais próspero do que aconteceu. 

Ainda sobre o indulto de Natal, a decisão segue uma manifestação de pensamento de Bolsonaro (como pode ser visto no Tweet abaixo). O líder do PSL garantiu que, assim que assumir o poder, não dará indulto a criminosos, sejam eles quem forem.

“Fui escolhido presidente do Brasil para atender aos anseios do povo brasileiro. Pegar pesado na questão da violência e criminalidade foi um dos nossos principais compromissos de campanha. Garanto a vocês, se houver indulto para criminosos neste ano, certamente será o último”, diz a mensagem de Bolsonaro. 

Michel Temer e Jair Bolsonaro se encontram no dia primeiro de janeiro de 2019. Nessa data, ele vai passar a faixa para o novo líder do governo. Ainda sobre a posse, a segurança do evento tem muitas incógnitas. A Revista Veja chegou a publicar, por exemplo, que os shows de artistas seriam cancelados pelo excesso de pessoas que haverá em Brasília. 

Leia Também

Escrito por Fernando B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.

Next post

Polêmica: Priscilla Alcantara critica evangélicos e revela o que pensa sobre casamento

Relação entre Gabigol e Flamengo esquenta, empolgando os torcedores; entenda