in

Caso Tainá: jovem chega à delegacia ao lado do marido e revela toda a verdade

Publicidade

Taina Queiroz, 18 anos, reside na região de Pilar do Sul (SP). Há três dias, ela declarou publicamente um possível sequestro pelo qual passou. O acontecimento acabou sendo um dos temas mais debatidos no Brasil, quando seu marido, Raul, optou por comunicar o desaparecimento da mulher e da filha do casal. 

Na Delegacia de Investigações Gerais (DIG), a garota declarou que sofreu ameaças do ex-patrão do marido, Luis Fernando Loureço. Ela também relatou que foi forçada a gravar vídeos falando que fugiu por convicção própria. 

Assim, ela relatou: “O Luis Fernando falou que ia me levar para encontrar o Raul. De repente percebi que não era para Castilho que estávamos indo, mas para Sorocaba. Nisso, ele tirou meu celular e dizia que não era para voltar para a família porque o Raul estava me traindo e difamando”. 

Publicidade

Assim, mãe e filha sumiram no dia 3 de novembro, levando o esposo a ir até à delegacia e, assim, iniciar todo o processo de busca e apuração dos fatos com o objetivo de saber o que poderia ter vindo a acontecer com sua mulher e filha. 

Publicidade
Publicidade

Contudo, sua mulher e filha somente foram localizadas pela polícia após quase um mês, no dia 1° de dezembro, após uma denúncia à polícia do Maranhão, na qual foi solicitado a prisão de Luiz, que estava foragido da Justiça sob acusação de estelionato. 

Luiz afirmou que já mantinha um caso com a mulher do ex-funcionário e que ambos optaram por fugir juntos. Com relação ao assunto, a mulher negou e realizou afirmações divergentes à versão do ex-patrão do marido.  

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Andressa Cavalcante

Escrito por Andressa Cavalcante

Bacharel em direito, também possui formação no curso de Análise e desenvolvimento de sistemas, há 3 anos que trabalha como colunista em sites. Trabalha como Gerente de Mídia Social na página Garota Conservadora assim como em Loucos por Armas ambos do Facebook, no Instagram administra os perfis @versosdadireita e @blogconservadora