in

Em crise, trama bíblica da Record apela para baixaria e Ministério da Justiça toma decisão

RecordTV
Publicidade

Desde que estreou a novela Jesus no horário nobre, a RecordTV não vem tendo muita sorte. Além de não ir bem na audiência, a trama acabou boicotada pelo Ministério da Justiça.

Na primeira vez em que teve uma intervenção por parte do MJ a novela passou sua classificação indicativa de, proibido para menores de 10 anos para 12. 

O motivo na ocasião para que a intervenção fosse feita e a classificação indicativa fosse alterada, seria o forte apelo de conteúdo proibido para menores de 12 anos existente na produção. Relações mais ardentes entre os casais da trama, violência, uso de drogas lícita foram alguns dos fatores que levaram a essa decisão. 

Publicidade

Além disso a trama bíblica conta com muita cena de sangue, morte intencional, penas de morte e crueldade, algo considerado pesado para o público de 10 anos. De lá para cá foram solicitados alguns ajustes para que o folhetim voltasse a ter a classificação indicativa perdida. 

Publicidade

Porém, essas mudanças parecem não ter acontecido, pois alguns meses depois de ter ajustado o folhetim a emissora voltou a sofrer com uma nova intervenção do MJ. As informações foram passadas pela jornalista Patrícia Kogut do jornal O Globo. Depois de pular de 10 para 12, a novela agora está proibida para menores de 14 anos. 

Segundo as alegações do MJ a emissora de Edir Macedo foi notificada sobre as mudanças que deveria fazer na novela bíblica, mas não acatou. Por conta disso, decidiu-se alterar novamente a classificação indicativa. Em São Paulo o folhetim que conta a história de Jesus segue no 3ª lugar de audiência perdendo para As Aventuras de Poliana que se mantém vice isolada no confronto.

Publicidade
Rômulo NC

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.