in

Deputada pró-Bolsonaro ameaça ministro que quase soltou Lula e fala até em ‘prisão’

G1
Publicidade

A deputada federal  Joice Hasselmann se revoltou com a decisão do Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Melo, em mandar soltar todos os presos que apenas haviam sido condenados em segunda instância e ainda esperavam algum  parecer da justiça. A decisão podia influencia mais de 150 mil detentos do país.

O mais famoso deles é o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, preso na sede da polícia federal, em Curitiba. No entanto, ainda nesta quarta-feira, 19, a decisão de Marco Aurélio acabou sendo derrubada pelo também ministro Dias Toffoli.

A primeira decisão de Marco revoltou Joice Hasselmann. Por meio das redes sociais, ela acusou o ministro do STF de agir de caso pensando.  Em outro momento de sua fala, Joice Hasselmann diz que Marco Aurélio Melo merece sofrer um processo de impeachment e “quiçá ser preso”. 

Publicidade

Em sua argumentação,  Joice acusa Marco de crime de lesa-pátria. ““Marco Aurélio aproveitou a véspera das “férias de verão” do STF para dar a canetada que pode colocar Lula em liberdade. Foi caso pensado”, disse ela. 

Publicidade
Publicidade

Joice continua e mostra a sua revolta com  a decisão. “Crime de lesa-pátria. O STF precisa enterrar esse golpe AGORA! Danem-se as férias! Marco Aurélio tem que ser arrancado do STF”, escreveu a deputada eleita em sua conta no Twitter.

Joice disse ainda que políticos corruptos fariam uma estátua do ministro para venerar. Diversos juristas, imprensa e políticos criticaram a decisão, já que ela foi ‘monocrática’ e já havia uma data para que o caso fosse apreciado pelo colegiado do STF. Esse tipo de assunto deve ser analisado em abril do ano que vem. 

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
FERNANDO B

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.