in

Gleisi ataca Bolsonaro online, mas acaba se dando muito mal

G1
Publicidade

A presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffmann, usou sua página no Twitter para tentar alfinetar o presidente eleito Jair Bolsonaro. Esquece ela que o político é um dos com os seguidores mais aguerridos, sempre prontos a darem respostas na ponta da língua a tudo o que acontece. 

A publicação de Gleisi feita na internet tinha como referência ao fato do Brasil, recentemente, ter convidado e desconvidado a Venezuela para participar da posse de Jair Bolsonaro, marcada para daqui a duas semanas, em primeiro de janeiro de 2019.

“Desconvidaram os presidentes de Cuba e da Venezuela para a posse de Bolsonaro, mas a presença do Queiroz está assegurada. É só ele aparecer!”, debochou a dirigente.

Publicidade

Fabrício Queiroz, o ex-motorista de Flávio Bolsonaro (PSL), sumiu do mapa após o Coaf divulgar relatório em que ele movimentou atipicamente R$ 1,2 milhão em salários de funcionários do gabinete do filho do presidente eleito.

Publicidade
Publicidade

No entanto, no Twitter, entre os comentários, muitas pessoas atacaram Gleisi e lembraram o passado nada orgulhoso da legenda dela. Entre os grandes feitos nada gloriosos está a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Além disso, o PT sofreu a sua maior derrota nas urnas em 2018. Além de não emplacar Fernando Haddad como presidente do país, o PT não teve também a vitória da ex-presidente Dilma Rousseff no Senado Federal em  Minas Gerais. 

Além disso, para completar todo o enredo ruim, Lula ainda responde à várias acusações na justiça que envolvem corrupção. Ou seja, a pena dele ainda pode ser aumentada, mesmo após o ex-juiz federal Sérgio Moro tornar-se Ministro da Justiça. 

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
FERNANDO B

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.