in

Após prisão, delegacia que recebeu João de Deus é alvo de sinais sobrenaturais: “todo mundo gritou”

Catraca Livre
Publicidade

João de Deus se entregou na noite deste domingo (16), após ter a prisão decretada no último dia 14 a pedido da Polícia Civil e do Ministério Público Estadual de Goiás (MP-GO).

Publicidade

Segundo André Fernandes, delegado responsável pelo caso, João de Deus estava escondido em uma fazenda na zona rural de Abadiânia, cidade onde fica a casa Dom Inácio de Loyola.  

Publicidade

Mais de 300 mulheres denunciaram o médium, que sempre negou as acusações de abuso sexual.  João de Deus agora está detido em uma cela de 16 m² no Núcleo de Custódia do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, que fica na Região Metropolitana da capital. 

Depoimento de João de Deus assusta investigadores após ‘sinais sobrenaturais’ 

Após se apresentar à polícia e ser levado para a delegacia, sinais sobrenaturais assustou escrivãos, investigadores e até a delegada.  

Publicidade

De acordo com informações do jornal Folha de São Paulo, assim que o médium começou a falar, o computador utilizado para registrar o depoimento dele parecia ter vida própria. “Você apertava uma tecla e ela OOOOOOOOO…”, contou a delegada Karla Fernandes. 

Em seguida, devido ao calor que fazia no momento, ela decidiu ligar o ar-condicionado através de uma extensão, que explodiu e ainda queimou o frigobar. “Todo mundo gritou”, contou Karla à Folha. 

E não parou por aí. O interrogatório havia sido programado para acontecer em Anápolis (GO), mas o escrivão escalado para colher o depoimento foi atropelado a caminho da delegacia. Felizmente, ele quebrou apenas o braço.

Publicidade

Leia Também

Escrito por E. Maldonado

Bastante ativa nas redes sociais, escrevo conteúdo sobre os mais diversos assuntos para a plataforma i7 Network.

Luane desabafa sobre ex após tentar se matar e revela ajuda psiquiátrica

Ídolo histórico do Corinthians sofre com doença grave e internet se mobiliza