Polícia divulga detalhes da morte da turista catarinense em Arraial do Cabo e choca com revelação

Leia também

Mãe de quadrigêmeos ‘milagrosos’, vereadora morre vítima do novo coronavírus

A vereadora de 39 anos morreu vítima do novo coronavírus na última segunda-feira (6).

BBB20: confira o cronograma da reta final do reality show

Big Brother Brasil 20 termina no dia 23 de abril, uma quinta-feira, e um participante ficará milionário.

Jael projeta retorno ao Grêmio e surpreende com declaração

Ex-atacante do Tricolor fez live com seguidores nas redes sociais e falou sobre o Tricolor.

Presidente do Flamengo surpreende com anúncio de data para retorno aos treinos

Rodoldo Landim surpreende ao cravar data para o Rubro-negro voltar aos treinos.
Diogo Marcondes
Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.
Publicidade

A morte da turista catarinense Fabiane Fernandes, de 30 anos, continua repercutindo em todo o Brasil. A empresária foi morta em uma trilha de Arraial do Cabo, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, no mês passado.

O corpo de Fabiane foi encontrado no dia 21 de novembro. A morte havia acontecido três dias antes, em um domingo. Neste sábado (15), a polícia divulgou detalhes do assassinato. A empresária deixou a mãe, que sofre com problemas de saúde, e o filho de oito anos.

Publicidade

De acordo com laudo divulgado pelo Instituto Médico Legal (IML), Fabiane foi estuprada antes de ser assassinada. Ela morreu por traumatismo cranioencefálico e o objeto usado para golpeá-la, provavelmente, foi uma pedra. Todos estes detalhes chamara a atenção e chocaram.

Publicidade

A princípio, a polícia não descartava a hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte). Após a divulgação do resultado, esta hipótese foi descartada. Fabiane Fernandes foi vítima de um crime sexual.

Publicidade

Na última sexta-feira (14), o suspeito do crime Matheus Augusto da Silva, de 22 anos, foi preso em São Paulo. Em entrevista ao portal de notícias G1, o delegado Renato Mariano, da 132ª DP de Arraial do Cabo, explicou que o suspeito nega as acusações.

Apesar disso, o depoimento de Matheus apresentou contradições em alguns trechos. O rapaz foi fotografado na trilha onde o corpo da turista foi encontrado. Nos próximos dias, a polícia deve finalizar o laudo e informar a todos o que de fato acontece com Fabiane Fernandes e quem cometeu esse crime que chocou todo o Brasil.