in

Médium João de Deus tem prisão decretada

G1
Publicidade

Nesta sexta-feira (14), a justiça de Goiás decretou a prisão preventiva do médium João de Deus, que está sendo acusado de cometer vários abusos contra mulheres, durante sessões de tratamentos espirituais em Abadiânia.

A informação sobre a prisão do médium foi confirmada, à TV Anhanguera, pelo secretário de Segurança Pública de Goiás, Irapuan Costa Júnior. 

Um dos advogados que vem cuidando do caso de João de Deus, Thales Jayme, disse que foi informado do mandado de prisão, mas que não havia recebido nada até às 12h30. O defensor do médium também alegou que não conseguiu falar com seu cliente nesta manhã de sexta-feira (14). 

Publicidade

A declaração do advogado foi dada por telefone, na qual ele disse: “Foi dito hoje, por uma fonte fidedigna, que a prisão havia sido decretada, estava de posse do mandado de prisão e com alguns policiais trabalhando. Visse a possibilidade de se apresentar, como seria, uma situação menos dolorosa, estou indo a Anápolis para ver se consigo falar com alguém”. 

Publicidade
Publicidade

O pedido de prisão do médium havia sido protocolado na quarta-feira (12) pelo Ministério Público Estadual de Goiás (MP-GO), na promotoria de Abadiânia. Ainda não se sabe se foi esse pedido que deu origem ao mandado de prisão expedido contra o médium. Desde que as denúncias vieram à tona, João de Deus estava mais ‘recluso’, até mesmo como forma de preservação ao seu trabalho e sua imagem pessoal. 

Porém, na última quarta-feira (12), ele fez uma visita à casa Casa Dom Inácio de Loyola, onde exerce seu trabalho espiritual. Durante os poucos minutos que passou no local, ele disse que era inocente e que Deus cuidaria para que isso fosse provado.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Rômulo NC

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.