in

Padre que celebrava missa na Catedral de Campinas grava vídeo emocionado: ’20 tiros’

Reprodução / Facebook Amauri Ribeiro Thomazzi
Publicidade

Inaugurada em 1883, a Catedral Metropolitana de Campinas ficou conhecida nacionalmente nesta terça-feira (11). Durante a missa do início da tarde, um homem armado abriu fogo contra os fiéis que acompanhavam a celebração e deixou, pelo menos, cinco pessoas mortas e outras quatro feridas.

Entre os mortos está o próprio atirador, que teria se matado após ser alvejado na perna por um policial. O padre Amauri Ribeiro Thomazzi, que celebrava a missa das 12h15, não foi ferido e gravou um vídeo emocionante que foi publicado em sua página oficial no Facebook.

“Está tudo bem. Eu rezei a missa das 12h15 e, no final, uma pessoa entrou atirando, fez algumas vítimas. Ninguém pôde fazer nada, ajudar de forma nenhuma. Eu peço a oração de todos. Estamos todos bem”, afirmou o padre.

Publicidade

A gravação foi feita dentro da igreja. Ele aguardava a perícia finalizar os trabalhos no local. “Não tem como entrar nem como sair da catedral neste momento”, explicou Thomazzi. Em seguida, ele fez um pedido aos seguidores.

Publicidade

“A vocês, amigos, eu peço que rezem pela pessoa e pelos feridos. Ele se matou depois da situação, foram mais de 20 tiros. Estamos muito abalados com o que aconteceu”, finalizou.

Imagens do circuito interno de segurança do local mostraram o momento em que o homem se levanta e começa a atirar. Pessoas correm desesperadas. Duas que estão ao seu lado são as primeiras a serem atingidas e caem. Em seguida, ele caminha pela igreja. Quando chega à frente, próximo do altar, o homem parece recarregar o revólver e realiza mais disparos.

Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br