in

Pedrinho matador: culpado por mais de 100 mortes está livre e tem milhares de seguidores

Reprodução/SBT/Polícia Civil
Publicidade

Pedrinho matador, assim ele é conhecido no submundo do crime e dentro do sistema prisional. O mineiro responsável por mais de 100 mortes, está livre, alcançou a fama e possui milhares de seguidores. Ele ficou menos de 6 meses preso pela morte de cada uma de suas vítimas, entre elas está seu pai; saiba mais.

Publicidade

De acordo com o portal de notícias do jornal Folha S. Paulo, Pedrinho Matador, 64, esteve preso por 42 anos, está em liberdade a 7 meses e prepara um documentário sobre sua vida de criminoso, ele também pretende lançar um livro.

Publicidade

Pedrinho matador: culpado por mais de 100 mortes está fora da prisão e possui milhares de seguidores

Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, o ex-detento disse que agora que cumpriu a sua pena quer apenas viver em paz. Ele criou um canal no Youtube, onde se tornou um comentarista criminal. O canal de Pedrinho Matador possui cerca de 29 mil inscritos e mais de 2,5 milhões de visualizações.

Em seus vídeos, ele fala sobre crimes de grande repercussão como o do cachorro assassinado no Carrefour Osasco (SP), do jogador de futebol Daniel – que foi morto com requintes de crueldade em Curitiba – e da estudante Rayane Alves, que teria sido assassinada por um segurança no interior de São Paulo. Segundo o serial killer, crimes como estes são execráveis: “são crimes que revoltam a gente, cheios de mentira, acabando com a felicidade de uma pessoa. Essa jovem [Rayane]… Por que o segurança foi fazer aquilo com ela? Ele tem família, mulher linda, filho. O diabo faz a panela, mas esquece de fazer a tampa. Tudo é descoberto. A condenação dele foi uma caneta [encontrada no local onde estava o corpo]”.

Publicidade

Um dos crimes mais chocantes de Pedrinho foi quando ele assassinou seu pai em um dos presídios onde esteve detido. Ele descobriu que o pai havia matado sua mãe e jurou vingança. Pedrinho matou o pai com 42 facadas, arrancou um pedaço do coração do homem, mastigou e cuspiu, Somente durante o tempo que esteve detido ele teria assassinado 46 pessoas.

Ele revelou que uma das suas missões como youtuber é alertar os jovens sobre o quanto o crime é sombrio e que realmente não vale a pena. “O crime não é brincadeira. Muitos estão entrando por verem os galhos [fama e dinheiro], não a raiz [prisão e morte]. É como o diabo: dá com uma mão e tira com a outra. Tem muitos jovens que entram e, quando querem sair, já é tarde demais”, afirma.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Fabiana Batista Santos

Redatora Web há 5 anos. Prezo por desenvolver conteúdo de qualidade para levar informações úteis e pertinentes ao maior número de pessoas possível. Especialista em TV e Famosos, entretenimento, curiosidades, notícias do Brasil e mundo, decoração, saúde, entre outros.

Brasil em luto! Fãs de despedem de grande artista em dia muito triste

Festa em Itaquera! Destaque de time Sul-americano pode ser o novo reforço do Corinthians