in

Salvador: após intenso tiroteio com PMs, bandidos fazem 15 reféns em posto de saúde

Alan Oliveira/G1
Publicidade

Cerca de 15 pessoas entre funcionários e pacientes do posto de Saúde de Santa Cruz, que fica na região do Nordeste de Amaralina, em Salvador, foram feitos reféns por quatro bandidos que invadiram o centro de saúde.

Tudo aconteceu por volta das 16h, desta segunda-feira (10), quando os homens armados trocava tiros com PMs das Rondas Especiais (Rondesp) Atlântico. Nesta ação, um dos policiais acabou sendo baleado e socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), e não corre risco de morte. Três suspeitos que estavam envolvidos no momento da troca de tiros foram baleados e não resistiram.

Negociações e liberação

As negociações começaram rapidamente e os bandidos pediram a presença da imprensa para poder se render. O policiamento no bairro foi fortalecido com a presença de um helicóptero do Graer e a Companhia de Patrulhamento Tático Móvel (Patamo).

Publicidade

Já era noite e pouco mais de duas horas em que começara as negociações, quando o bando resolveu se entregar. A população que acompanhava há poucos metros as negociações, aplaudiu quando os bandidos resolveram se entregar. Nenhum dos reféns sofreu ferimentos.

Publicidade

A mãe de um dos envolvidos estava acompanhando de perto a ação e comentou sobre a participação do filho, e pediu perdão pelo que ele fez. “A gente fala, dá conselho, mas não sei porque entra nessa vida”, disse ela.

Falando rapidamente com as equipes de reportagem que estavam no local, o filho dela, Caique Louro, contou que o bando “só queria sair vivo”. Apreendidos, os meliantes ficam à disposição da polícia para coleta de depoimentos e investigação. A Secretaria de Segrança Pública (SSP-BA) acompanha o caso.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Thiago Santana

Escrito por Thiago Santana

É redator do Grupo i7 Network, estudante de jornalismo e chocolatra.