in

Maria do Rosário faz discurso politicamente correto, fala de fascismo e sofre ‘retaliação’

Divulgação / Sputnik Brasil
Publicidade

A deputada federal, Maria do Rosário (PT), relatou, nesta segunda-feira (10), que o Brasil errou ao não permitir a existência de uma cultura contra o que ela chamou de “autoritarismo”. Ela acredita que o Brasil não avançou com relação aos assuntos de direitos humanos, pois as medidas em favor das minorias não estão sendo aplicadas.

Em uma Conferência Internacional em Defesa da Democracia, ela declarou: “O Brasil não fez um processo de transição que construísse uma cultura contra o autoritarismo, contra a violência do Estado. Ao longo da greve dos caminhoneiros, vimos faixas nas ruas pedindo intervenção militar, ditadura, que resultaram na eleição de um defensor de um dos piores torturadores que o Brasil tem ideia da existência“. 

Maria do Rosário ainda relatou que o Brasil foi um dos últimos países que criaram uma Comissão da Verdade. A deputada também completou: “Nem antes, quando inviabilizaram instituir uma comissão da verdade, e nem quando instituímos, tivemos os poderes para constituir um diálogo pedagógico. Nós não conseguimos dimensionar para o Brasil o que é a tortura“.

Publicidade

Maria do Rosário fez críticas ao ataque realizado no acampamento do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, na região de Paraíba. O ato deixou dois mortos na noite do último sábado (8). Durante o momento em que estava falando, ela declarou que o ataque contra grupos específicos seria, na realidade, o caminho dos fascistas obterem o poder. 

Publicidade
Publicidade

Segundo a deputada: “Os direitos humanos não estão mais em vigor no Brasil“. Maria do Rosário faz oposição ao governo de Bolsonaro, pois faz militância em questões ideológicas que são divergentes aos ideais que o futuro presidente defende.

O site Terra noticiou o fato abordado, e internautas reagiram de diversas maneiras, sendo que a progressista sofreu ‘retaliação’ em virtude do número alto de críticos que escreveram comentários negativos. Ante o exposto, um internauta falou: “O grande erro foi ainda não ter fechado este PT autoritário que não respeita as leis”. 

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Andressa Cavalcante

Escrito por Andressa Cavalcante

Bacharel em direito, também possui formação no curso de Análise e desenvolvimento de sistemas, há 3 anos que trabalha como colunista em sites. Trabalha como Gerente de Mídia Social na página Garota Conservadora assim como em Loucos por Armas ambos do Facebook, no Instagram administra os perfis @versosdadireita e @blogconservadora