in

Globo tira do ar Vídeo Show por Bolsonaro, e Bonner é obrigado a dar comunicado

TV Globo / Montagem: Fernando Borges.
Publicidade

Nesta segunda-feira, 10 de dezembro, a Rede Globo de Televisão surpreendeu ao cancelar uma das suas principais atrações, o ‘Vídeo Show’. O vespertino da emissora carioca tem enfrentado baixa audiência e perdido para a Record, e até SBT. 

O motivo para a Globo fazer tudo isso é a diplomação do presidente eleito Jair Bolsonaro. O político toma posse apenas em janeiro, mas teve sua diplomação adiantada, devido a uma cirurgia que fará nessa semana. 

Marcada para as 15h45 desta segunda-feira (10), o mais natural seria o cancelamento da “Sessão da Tarde” na rede carioca, porém, por causa de sua audiência, optou por suspender a edição do “Vídeo Show” e exibir o filme mais cedo, por volta das 14h10..

Publicidade

A Globo escalou a presença de William Bonner nesse momento tão importante do país. O motivo, é claro, Bonner é considerado o nome máximo do jornalismo da Globo e, portanto, narrará todas as informações de Brasília. 

Publicidade

Chama a atenção, no entanto, a atitude da emissora, que tirou do ar um dos seus principais produtos. Afinal, a programação normal da emissora teria a exibição do ‘Vídeo Show’ no horário de sempre, porém, encurtando um pouco o filme e a novela ‘Vale a Pena ver de Novo’ – por exemplo.

Nas redes sociais, muita gente já acha que a mudança da programação é uma espécie de teste da Globo.  Alguns defendem que o ‘Vídeo Show’ seja definitivamente tirado do ar, já que ele tem causado mais problemas do que ganhos.

Recentemente, a Globo chegou a tirar as ex-BBBs que apresentavam o ‘Vídeo Show’. No lugar delas, a emissora escalou o ator Joaquim López. 

FERNANDO B

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.