in

Vídeo: segurança acusado de matar o cão no Carrefour é hostilizado na saída da delegacia

Foto Reprodução Youtube

Um dos assuntos mais falados nos últimos dias tem sido a respeito do segurança terceirizado que agrediu brutalmente um cachorro apelidado de “Manchinha”, que circulava pelo hipermercado Carrefour em Osasco, região metropolitana de São Paulo.

Após ter recebido a intimação na última terça-feira (4), o segurança, suspeito de ter agredido o animal, que não resistiu aos ferimentos e morreu, foi ouvido pela polícia na tarde da última quinta-feira (6).
De acordo com os ativistas, antes do segurança espancar o cachorro, ele teria envenenado o bicho a pedido do administrador daquela unidade, no dia 28 de novembro.

Segundo o depoimento da veterinária da prefeitura à Polícia Civil, o animal atacado veio a falecer em decorrência de ter sofrido um choque hemorrágico ou um choque hipovolêmico.

No último dia (5), foi instaurado um inquérito pelo Ministério Público de São Paulo para apuração da ocorrência e também dos responsáveis pelas agressões que resultaram na morte do animal.

Vídeo

Foi divulgado nas redes sociais um vídeo onde aparece o segurança do Carrefour, acusado das agressões que provocaram a morte do cachorro “Manchinha”, logo após ter sido ouvido na delegacia.

O suspeito que prestou depoimento na delegacia de Osasco, cidade onde aconteceu o crime, foi hostilizado no momento que saiu da delegacia.

Nas imagens é possível ver o delegado Bruno Lima, que foi eleito em outubro de 2018 para deputado estadual pelo PSL, mesmo partido do novo presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, aguardando na porta da delegacia o momento da saída do segurança. Bruno trabalha na cidade de São Paulo, mas tem acompanhado esse caso de perto em Osasco.

Nas filmagens, aparece o delegado provocando o segurança agressor dizendo: “Você que é o covarde, agressor de animal? Hein, Cléber?! Covarde! Por que você não dá uma madeirada em mim? ”

O segurança seguiu de cabeça baixa, escondendo o rosto e sem trocar uma palavra com ninguém. Além de Bruno, também havia no local diversas emissoras de televisão.

Leia Também

Atriz e mãe de jovem galã da Globo faz desabafo comovente sobre batalha contra o câncer

Muito doente, cantora do Fat Family manda recado e o que diz é de fazer chorar