Após fracassos e ataques, Rede Globo determina fim de novelas em horário nobre

Leia também

Estresse e decepção: futuro de William Bonner pode ser incerto na Globo

Demonstração de estresse e decepção do âncora abrem especulações a respeito de sua permanência no JN.

Covid-19: por que a doença é mais perigosa nos homens do que nas mulheres?

A diferença nas complicações por Covid-19 entre homens e mulheres vem chamando a atenção de especialistas.

Em meio a crise e demissões, Corinthians anuncia acerto com craque

Pandemia do novo coronavírus faz Corinthians demitir, mas acerto com craque é finalizado.

Lembra do bebê fumante? 13 anos depois, ele está irreconhecível e sem cigarro

Em 2007, com apenas dois anos de idade, Ardi Rizal viralizou na internet com um bebê fumante.
Bruno Avila
Redator de futebol e política desde 2016. Hoje um dos profissionais mais lidos da 1News.
Publicidade

Recentemente, a Rede Globo de Televisão vem sofrendo alguns ataques de eleitores do presidente eleito Jair Messias Bolsonaro, o que acabou causando uma queda histórica de audiência na emissora de televisão. Além disso, outros fatores fizeram com que a cúpula da Globo pense em novas estratégias para voltar ao ápice.

Uma reunião entre os dirigentes da emissora foi convocada para decidir quais programas devem continuar ou sair no próximo ano, assim o fim de algumas programações foram decretados para otimizar e aumentar novamente a audiência da Globo.

Publicidade
Publicidade

Depois de muitos debates e reuniões, o primeiro fim de uma programação foi decretado. Após sete anos de exibição, as novelas das 23h chegaram ao fim e serão trocadas por outras atrações no mesmo horário.

Publicidade

Outros programas também deve sair do ar no próximo ano, um deles é o polêmico ‘Amor & Sexo’, apresentado por Fernanda Lima. Nesta temporada, a audiência está muito abaixo do esperado e isso ocorreu após um posicionamento da apresentadora durante as eleições presidenciais.

Publicidade

A tendência é que Rede Globo de Televisão deixe a programação mais dinâmica para 2019. Vale ressaltar que a Globo ainda é a emissora com maior audiência do país, por isso que muitos movimentos vem atacando a rede televisiva, por acusarem que os dirigentes da emissora atribuem opiniões políticas durante a exibição dos programas.

Enquanto algumas atrações chegarão ao fim, outras devem apenas ter sua carga horária reduzida, por conta do dinamismo que será aplicado no próximo ano. A emissora também aposta em novos apresentadores para entretenimento como Fernanda Gentil, Marcelo Adnet e Dani Calabresa.