in

Kéfera se cansa e surpreende com o que diz sobre a morte do cachorro no Carrefour

Montagem: Rômulo
Publicidade

Desde que vazou na mídia a suposta morte do cachorro morto a pauladas por um segurança da rede de supermercados Carrefour, diversos famosos têm se manifestado sobre o ocorrido.

Publicidade

Após a atriz Tatá Werneck se manifestar em torno do episódio, agora foi a vez da também global Kéfera detonar a atitude do segurança acusado de matar o animal. 

Publicidade

A atriz criticou a atitude do segurança em questão e exigiu que o mercado tomasse alguma providência urgente contra o agressor do cachorro. “O que será feito com o segurança que agrediu e envenenou o cãozinho de rua, que estava no mercado de vocês em Osasco?” Kéfera também questionou se eles vão ficar esperando a poeira baixar ou se vão tomar alguma atitude em torno do caso. 

A atriz ainda disse que se uma empresa é contra maus tratos a animais, isso é passado durante o treinamento, e jamais teria ocorrido se alguém tivesse tido o mínimo de consideração e respeito pelo assunto. A artista se mostra indignada, assim como muitos outros que não gostaram da atitude do segurança, e vem detonando o mercado nas redes sociais. 

Publicidade

A pressão foi tanta, que o próprio mercado veio a público se manifestar sobre o ocorrido. Em nota enviada para a imprensa, o Carrefour informou que “repudia qualquer tipo de maus tratos a animais, e que vai esperar a resolução do caso para dar uma reposta sobre o que de fato aconteceu no dia em que o animal foi morto. “

Além disso, o mercado deixou claro que entende a sua responsabilidade no caso, mas alegou que o problema foi causado por um funcionário da empresa terceirizada. O empregado foi afastado e as investigações seguem em andamento.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.

Demitido? Novo jurado aparece no lugar de Henrique Fogaça e repercute nas redes sociais

Alok visita crianças órfãs na África e realidade choca: ‘Vergonha de vezes que reclamei’