in

Transição para diretoria e pressão por títulos? Veja o que Renato falou

GE
Publicidade

Com o fim da temporada do Campeonato Brasileiro, Renato abandonou os campos e começou a usar o terninho. O ex-volante terá um difícil missão pela frente.

Publicidade

Além de montar a equipe do Santos que vai estar nos gramados no ano que vem, Renato ainda terá que ajudar a decidir junto com o comitê de gestão do clube, o novo técnico que ocupará a vaga deixada livre por Cuca. 

Publicidade

Em sua sala no CT Rei Pelé, Renato recebeu uma equipe de reportagem do GloboEsporte.com e falou sobre a decisão de se tornar executivo do time, e os sonhos que vem pela frente. 

“Eu nunca pensei em ser diretor e trabalhar nesta parte. O Cuca perguntou e eu pensei bastante junto com a minha família. O Elano no ano passado me falava que não era pra ser treinador, porque eu tenho um estilo calmo. Tenho mais um perfil de diretor. Eu queria ajudar o Santos após encerrar a carreira, queria ser convidado pelo Santos. Surgiu essa oportunidade, pensei bastante e realmente eu posso estar ajudando pelo conhecimento que tenho. Tenho 23 anos no futebol, tenho sete na Europa e posso ajudar no crescimento do Santos”, revelou Renato.

Publicidade

Renato agora se mostra pronto para os novos desafios que virão para 2019. O ex-volante quer ser campeão como gerente de futebol, assim como foi quando esteve dentro dos gramados. O craque também está confiante na relação que tem o grupo para conseguir suprir as possíveis necessidades.  

Isso porque o executivo será o principal elo entre os jogadores, a futura comissão técnica e a diretoria. Nesta nova fase, ele terá a ajuda do dirigente administrativo do clube, Sérgio Dimas, e do presidente, José Carlos Peres. O mandatário do clube disse que esperava fazer ao menos 4 contratações para o ano que vem.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.

Sabrina vai casar e Zoe vai ganhar um irmão? Vidente revela futuro da Japa em 2019

Fora do Santos, Gabigol revela o clube onde gostaria de jogar