in

Saiba quanto os 12 maiores clubes do Brasil ganham com patrocínios

Cesar Greco/Palmeiras
Publicidade

A crise no país nos últimos anos e altos valores cobrados pelos clubes fez com que muitas equipes jogassem sem os chamados patrocinadores masters. A temporada 2018 está próxima do fim – restam para os brasileiros a final da Copa Sul-Americana com o Atlético-PR – e em breve será divulgado o balanço de patrocínios do ano.

Enquanto isso não acontece, um estudo do Itaú BBA revelou os números referentes a 2017. O líder em patrocínios no Brasil foi o Palmeiras, que alcançou R$ 137 milhões. Segundo o estudo, 35% desse valor foram alcançados com a Crefisa.

Campeão paulista e brasileiro em 2017, o Corinthians ficou na segunda posição. O faturamento do Timão com patrocínios foi de R$ 95 milhões. O top 3 é fechado pelo Flamengo, que alcançou 90,4 milhões com o Flamengo.

Publicidade

O São Paulo ocupa a quarta posição. A equipe do Morumbi faturou R$ 69 milhões com patrocínios em 2017. Foram quatro milhões a mais do que o Grêmio, que conquistou a Copa Libertadores da América no ano passado e disputou a final do Mundial de Clubes contra o Real Madrid.

Publicidade

Depois dos cinco primeiros colocados, há uma diferença muito grande de valores. O sexto colocado Internacional, que disputou a Série B, faturou R$ 38 milhões. O Atlético-MG aparece a seguir, com R$ 35 milhões.

O Santos alcançou faturamento de R$ 28 milhões com patrocinadores. O Cruzeiro vem a seguir, com R$ 26,4 milhões. Vasco e Botafogo faturaram o mesmo valor com patrocínios em 2017: R$ 19 milhões. Entre os 12 maiores clubes do Brasil, o Fluminense é o último colocado e faturou apenas R$ 15 milhões.

Palmeiras – R$ 137 milhões

Corinthians – R$ 95 milhões

Flamengo – R$ 90,4 milhões

São Paulo – R$ 69 milhões

Grêmio – R$ 65 milhões

Inter – R$ 38 milhões

Atlético-MG – R$ 35 milhões

Santos – R$ 28 milhões

Cruzeiro – R$ 26,4 milhões

Vasco e Botafogo – R$ 19 milhões

Fluminense – R$ 15 milhões

Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br