in

Efeito Bolsonaro põe em risco homenagem à voz de Pabllo Vittar

SBT
Publicidade

Neste domingo, 2 de dezembro, o Programa Eliana prepara uma grande homenagem para a cantora Pabllo Vittar. A ideia do dominical é mostrar a vida sofrida da estrela em uma região de difícil acesso, além da dificuldade em ser uma drag queen. O talento e a voz de Vittar também vão ser pautas do produto do SBT. Pabllo, inclusive, cantará na atração.

A cantora será homenageada no quadro “História de Vida”, recebendo mensagens especiais e revelando detalhes de seu passado. Ela ainda receberá a visita de uma pessoa muito importante em sua vida, que a incentivou nos primeiros momentos como artista

No entanto, como pode ser visto no print acima, muita gente não gostou da ideia. O efeito Bolsonaro, como já vem sendo chamado o movimento de eleitores de Jair que não gostam de algumas celebridades, começou uma campanha. Eles não querem que o público assista Eliana. 

Publicidade

Por isso, através de grupos políticos que usam os nomes de gente como Bolsonaro e Sérgio Moro, pessoas fazem lembretes para outros internautas simplesmente mudarem de canal. É uma propaganda para não ver, literalmente. 

Publicidade

Pode parecer estranho, mas esse tipo de comportamento tem funcionado em alguns casos. Que o diga a apresentadora Fernanda Lima, da Rede Globo de Televisão. Ao mostrar um show de Pabllo Vittar, ela teve a sua pior audiência em toda a história do programa.

No caso do programa de Fernanda Lima, além de Pabllo Vittar, a própria apresentadora é considerada um dos desafetos de Bolsonaro. Isso porque durante as eleições ela fez um vídeo para a campanha do #elenão. 

FERNANDO B

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.