in

Fátima Bernardes acusa garçom de machismo, mas pesquisa mostra que ela está errada

Montagem / Diogo Marcondes
Publicidade

A jornalista Fátima Bernardes, de 56 anos, e o namorado, o deputado federal eleito Túlio Gadêlha, de 31 anos, estão viajando pela Europa. Na Alemanha, porém, a apresentadora do Encontro relatou um episódio que considerou ser machista, mas cometeu um erro. 

Em um vídeo publicado no Instagram, Fátima aparece dizendo, ironicamente, que está amando o lugar onde está. “Ele perguntou, acredite se quiser, se eu queria uma cerveja de homem ou de mulher. A de mulher é pequenininha e a de homem é grande”, comentou Fátima, incomodada com a situação.

O garçom, provavelmente, não conhece a realidade brasileira, mas ele está certo. De acordo com pesquisa divulgada em 2012, com dados do ano anterior, os homens brasileiros com idade até 35 anos consomem 35% do estoque de cerveja do país. Este é o caso de Túlio, que tem 31.

Publicidade

Já as mulheres com mais de 35, caso de Fátima Bernardes, que tem 56, consomem 19%. A igualdade só acontece entre as mulheres até 35 e os homens acima de 35 anos. Ambos os grupos aparecem empatados com 23%, cada um.

Publicidade

O levantamento que pesquisou o gosto de brasileiros e brasileiras por cerveja foi realizado pelo Painel Nacional de Domicílios da Kantar Worldpanel, que visitou 8.200 lares brasileiros.

Fátima e Túlio devem retornar ao Brasil nos próximos dias, depois das férias na Europa. Ela voltará ao comando de seu programa, o Encontro, que no ano que vem deixará de ser exibido na Bahia por conta da baixa audiência. Túlio assume o cargo de deputado federal por Pernambuco no dia 1º de janeiro.

Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br