Aposentado, Sheik confirma cargo fora dos gramados no Corinthians

Leia também

Terrível destino de Ana Maria Braga na Globo estaria sacramentado; apresentadora desabafa

Ana Maria Braga nega que vá sair do ar, mesmo já estando por conta do coronavírus.

Celebridades que já abriram o coração e falaram sobre a doença dos filhos

Conheça alguns famosos que já abriram o coração e falaram sobre como é a luta com os filhos.

Live de Marília Mendonça fez até os famosos ‘arrastarem o chifre no asfalto’

Marília Mendonça fez uma live em seu perfil que foi um sucesso de público online.

Seguidora elogia Gusttavo Lima e esposa do cantor dá resposta na lata

Gusttavo Lima foi elogiado por uma internauta e Andressa Suita deu resposta à altura.
Bruno Avila
Redator de futebol e política desde 2016. Hoje um dos profissionais mais lidos da 1News.
Publicidade

Em sua última passagem pelo Corinthians, o ponta-atacante Emerson Sheik veio tendo sua aposentadoria como o objetivo final. Após se destacar em sua última Libertadores disputada, a diretoria resolveu renovar até o final do ano com o jogador.

O contrato inicial era somente de três meses para que o jogador tivesse uma aposentadoria. Entretanto, o contrato se estendeu e agora o jogador anunciou sua aposentadoria oficial.

Publicidade

Tratado como um grande ídolo, Sheik afirmou que a torcida não precisará ficar com saudades, pois ele estará por perto e assumirá um cargo fora dos gramados, conforme uma oferta feita ao Sheik e ao Danilo.

Publicidade

Danilo, no entanto, recusou assumir um cargo fora dos gramados pelo Corinthians por ter vontade de jogar por mais um tempo, já que ficou algum tempo parado. Por outro lado, Sheik aceitou e negocia para assumir o comando de futebol do Corinthians na próxima temporada.

Publicidade

O Emerson Sheik é tratado como um dos grandes ídolos da história do Timão, até porque foi ele quem marcou dois gols na final contra o Boca Júniors, pela Copa Libertadores da América de 2012, quando o Timão conquistou o campeonato pela primeira vez.

Agora, um jogo de despedida já foi marcado na Arena de Itaquera e deve contar com diversos parceiros de carreira do jogador e também grandes ídolos da história do Corinthians.

Um dos que estarão presente na despedida de Sheik é o centroavante peruano Paolo Guerrero, nome que causou muita polêmica, por conta de um certo repúdio da torcida corintiana em cima do atleta.