in

Corinthians promete Tardelli, Rodriguinho, Carille e mais para 2019

Divulgação:China Brasil Futebol / Fotomontagem: Bruno Avila
Publicidade

A diretoria do Timão vem intensa, por mais que tenha conhecimento de muitas contas que tem a pagar. A dívida do Corinthians, segundo o que é revelado pela mídia, chega a cerca de R$ 2 bilhões, por conta da construção do estádio Arena Corinthians.

Hoje, o presidente Andrés Sanchez vem trabalhando duro por investidores e promete um ano diferente para o Alvinegro de Itaquera. A intenção é trazer grandes reforços.

O nome do técnico Fábio Carille já saiu como certo, em alguns meios de comunicação, como o treinador do Corinthians para 2019. Entretanto, a diretoria do Timão negou, em nota. Fato é que o treinador provavelmente deve vir ao Timão em 2019.

Publicidade

Um nome que vem sendo especulado também é o do meio-campista Rodriguinho, pertencente ao Pyramids F.C, do Egito, que teve seus investimentos retirados pelo patrocinador Al-Sheik, forçando a venda destes grandes atletas.

Publicidade
Publicidade

Agora, o mais forte de todos se tornou o nome do centroavante Diego Tardelli, que o Corinthians parece ter a prioridade de compra para trazê-lo em 2019. O atleta teria um grande sonho de atuar pelo Timão.

O único empecilho para trazer Tardelli seria o seu alto salário, por esse motivo que a diretoria do Timão está prestes a abrir uma exceção para trazer o jogador em 2019 e tê-lo como um grande reforço para a próxima temporada.

O presidente do Timão havia afirmado que não faria uma loucura de pagar R$ 700 mil ou R$ 800 mil de salários para um jogador. Por outro lado, Tardelli já afirmou que só aceita retornar ao Brasil se não abaixar muito seus vencimentos.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Bruno Avila

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com