in

Menina que ganhou prêmio com texto anti-armas se torna vítima de bala perdida

R7

Em 2016, Sandra, que na época tinha apenas 11 anos, fez um texto que falava sobre a violência crescente que sua cidade, Milwaukee, nos Estados Unidos, enfrentava. Mas infelizmente, a garota que falou sobre os perigos da violência se tornou mais uma vítima. 

A mãe de Sandra contou para a polícia que foi dormir e os filhos ficaram na sala da casa vendo televisão. Porém, aconteceu um tiroteio e Sandra foi baleada. Ela, que falou tanto sobre violência, e que pedia paz e dias melhores para as crianças de sua cidade, foi atingida dentro do quarto, se tornando mais um triste número nas estatísticas da violência.

“Ela disse: ‘Mamãe, eu fui baleada. Chama a polícia”. “Eu olhei para ela. Ela não estava chorando. Não estava gritando. Era tão pacífica… Não merecia deixar este mundo assim”.

A polícia local conseguiu prender o homem responsável pelos disparos. Sua ex-namorada contou aos policiais que era ela quem ele queria acertar e que, antes de efetuar os disparos, ele disse que ela tinha sorte das crianças estarem no carro. 

Entristecida com o fato que tirou a vida de sua filha dentro de casa, local que para ela era considerado o mais seguro da cidade, a mãe contou que Sandra “era tudo o que esse mundo não é”.

A garota havia ganhado um prêmio no concurso de redação com o texto: “Nossa Verdade”. Quando concedeu uma entrevista a respeito de seu texto, ela disse que seu coração ansiava pelo fim da violência. Infelizmente, a garota se tornou mais um número nas estatísticas de violência que tanto assolam o mundo.

Leia Também

Escrito por Cláudia Lopes Martins

Claudinha

Next post

Sandy e Lucas compram enxoval de bebê nos Estados Unidos e fãs perguntam: ‘está grávida?’

Mulher grávida posta foto em rede social e detalhe perturbador na imagem a leva presa