in

Corinthians se dispõe a pagar multa milionária e Carille deve retornar em 2019

Meu Timão
Publicidade

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, tinha entrado em conflito com Fábio Carille após sua saída para a Arábia Saudita, onde foi defender o clube Al-Wheda. O treinador havia recebido uma proposta irrecusável e a aceitou.

Agora, o Timão sofre com falta de uma sequência boa, que teve a última vez somente na época de Fábio Carille. No entanto, o Alvinegro de Itaquera já abriu a possibilidade de demitir Jair Ventura e começar o novo ano com um treinador já conhecido pela torcida.

Segundo o jornalista Benjamin Back, dos canais Fox Sports, os empresários de Carille se reuniram com o presidente Andrés Sanchez, que estaria disposto a pagar a multa rescisória de 700 mil dólares, que hoje equivale a R$ 2,7 milhões. O valor não seria visto como um problema.

Publicidade

A grande parte da negociação está em torno da questão salarial, pois Carille recebia R$ 350 mil no Timão, vencimentos bem menores do que a maioria dos treinadores de clubes grandes da Série A. Agora a proposta seria de um salário bem mais alto.

Publicidade

O que a diretoria do Corinthians está disposta a oferecer é um dos maiores salários do futebol brasileiro, apenas ficando atrás do de Felipão, que comanda o Palmeiras.

O treinador voltaria para começar um planejamento para a próxima temporada e já estudar as contratações que o Timão precisa fazer para continuar com um bom trabalho.

A torcida corintiana, ante irritada com o comandante, agora já se empolga com a possível volta do treinador, que já mostrou ser muito capacitado para coordenar o Timão.

Publicidade
Bruno Avila

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com