in

Polêmica: olheiro do Santos diz que receberia mesada de pai de atleta por contrato

GE
Publicidade

De acordo com uma publicação veiculada pelo jornal Folha de São Paulo nesta quarta-feira (21), um observador teria pedido ao técnico do sub-20 do Santos que assinasse o contrato profissional de um jogador.

Em troca do favor, ele teria uma mesada de R$ 2 mil do pai do atleta. A acusação está sendo baseada em um áudio, que foi enviado por Carlos Antonio de Jesus, conhecido como Carlinhos da Adega, ao então supervisor da categoria sub-20 do Santos, Adriano Piemonte. 

No áudio que foi enviado em junho, o pai do rapaz diz que o Santos não está ajudando em nada, e por causa disso, iria dar a mesada ao técnico. Piemonte confirmou ao jornal a mensagem. 

Publicidade

Piemonte disse: “Ele me mandou o áudio porque eu era supervisor e auxiliar técnico do Aarão (Alves, ex-técnico do sub-20). Ele veio pedir para mim. Falei: “ô Gordinho, se liga!” Chamei assim porque tenho intimidade com ele. Depois ele veio me falar pessoalmente, e perguntei se ele estava louco”. 

Publicidade

Logo depois, Wesley Pinheiro Santos, de 18 anos, assinou um contrato até 2021 com o jogador. Questionado pelo jornal, Carlinhos da Adega negou as acusações. Ele disse que não conhece o pai do rapaz e que não mantém contato com nenhum jogador que seja da base. Tanto Carlos Pinheiro, que é o atual gerente da base do santos, quanto Marcos Maturana, afirmaram que não houve nenhum acerto para acertar o vínculo com o garoto. 

O Santos foi procurado, e em nota disse que o caso segue sendo apurado, e que repudia qualquer tentativa de alguém se aproveitar de um poder que tem para aliciar ou se beneficiar do sonho de jovens.

Rômulo NC

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.