Veja o que Leandro Castan falou sobre gol sofrido no fim do jogo com Atlético PR

Leia também

Grêmio dá a Renato Portaluppi quatro reforços da melhor qualidade

Quando futebol retornar, Renato poderá contar com quatro reforços para o time do Grêmio.

Após ‘candomblé do mal’, demissão de Léo Dias é anunciada: ‘UOL se livrou das drogas’

Colunista de fofocas acabou perdendo emprego por conta de polêmica envolvendo portal de notícias.

Romildo adiante resposta a possível proposta de R$ 150 milhões do Napoli por Everton

Presidente do Grêmio adianta resposta que dará ao Napoli por possível proposta por Cebolinha.

Fernando Colunga é gay? Conheça o grande amor do galã das novelas mexicanas

O ator de famosas novelas como Maria do Bairro e A Usurpadora namora uma famosa atriz mexicana.
Rômulo NC
Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.
Publicidade

Faltou muito pouco, para que o Vasco vencesse a partida nesta quarta-feira (14), em São Januário. Com Thiago Galhardo marcando o gol da vitória aos 21 minutos do segundo tempo, a reviravolta, veio aos 49 do segundo tempo.

Ao fazer o gol, o Cruz-Maltino ia comemorando os três pontos que parecia ter ganhado, mas aos 49 do segundo tempo, já nos acréscimos, o Atlético-PR conseguiu empatar, após Léo Pereira fazer um gol. 

Publicidade
Publicidade

Logo depois da partida, Leandro Castan falou sobre o empate, dizendo que o time vai continuar brigando. “Temos de nos fechar e saber que vamos para a porrada agora. Se tiver de dar porrada em alguém, eu protejo meus companheiros. Temos de dar tranquilidade para a rapaziada e escapar da Série B”. 

Publicidade

Segundo o jogador, a chegada de Alberto Valentim, fez o clube melhorar em muitas coisas. Pois, antes dele chegar a equipe levava muito mais gols do que hoje. Leandro alegou que o time vai até o fim na briga pela classificação. O craque comentou sobre a tristeza do time no vestiário. 

Publicidade

Castan reconheceu que o time não teve o emprenho preciso dentro de campo, ao alegar que poderiam ter evitado o gol, se tivesse segurado mais a bola, o que não aconteceu. Segundo o craque, era preciso criar jogadas, cravar algumas faltas, para que o tempo pudesse passar e assim obter o resultado que já tinham em mãos. 

Kelvin também falou sobre o gol sofrido no jogo, e disse que foi uma infelicidade, mas que agora só resta pensar no próximo confronto diante do Corinthians. A partida está marcada para o próximo dia 17 (sábado), às 19h, pelo horário de Brasilia, em São Paulo.