in

Ex-lateral do Fluminense morre em Recife

O Dia
Publicidade

Mais uma vez o futebol brasileiro está de luto. Nesta segunda-feira (12), morreu o ex-lateral direito Gena, que teve passagens marcantes pelo Náutico e Santa Cruz.

O ex-jogador tinha 75 anos de vida. Gena chegou a ser contratado pelo Fluminense na década de 1960, mas acabou não tendo espaço para atuar dentro do clube. Seu nome de batismo é Genival Costa de Barros Lima.

O ex-jogador estava passando por problemas de saúde e estava internado há mais de 15 dias na UTI do hospital Memorial São José, na capital pernambucana. O ex-craque havia dado entrada com fortes dores no abdômen, provocadas por uma doença renal. Esse foi o motivo que acabou culminando na morte do jogador.

Publicidade

Gena começou sua carreira através do Náutico, no grande time que conquistou seis títulos do Campeonato Pernambucano. Logo depois deu um passo ainda maior e foi tentar a sorte no Fluminense. Porém, não obteve o êxito que queria, e acabou retornando para casa, mas dessa vez defendendo a camisa do Santa Cruz. 

Publicidade
Publicidade

O enterro de Gena aconteceu nesta terça-feira (13), no Cemitério de Santo Amaro, localizado em Recife. Sérgio China, técnico do Salgueiro esteve presente no velório para homenagear o amigo. O treinador fez questão de destacar o lado mais humano do ex-lateral. 

Gina falou sobre a importância de Gena e disse que dificilmente alguém irá encontrar uma pessoa que não gostasse dele. “Ele como pessoa, não tem como mensurar o que foi. Principalmente nos momentos difíceis. Eu passei um momento difícil com meu pai e ele se prontificou. Naquele momento ele ajudou meu pai no que pode”.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Rômulo NC

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.