in

Procuradora afirma que criança ‘não pertence à família’ e causa revolta; assista

Divulgação / Wikipédia

Um fato que aconteceu em fevereiro de 2017 voltou a repercutir em rede social, lembrando uma fala da procuradora federal dos Direitos do Cidadão, Deborah Duprat. Tudo aconteceu quando ela estava participando de um debate na TV Câmara, com os deputados: Glauber Braga (PSOL/RJ), Marcos Rogério (DEM/RO) e Miguel Nagib (que é advogado e criador do grupo Escola sem Partido).

Diante de tantos questionamentos que estavam sendo realizados, Deborah Duprat fez uma declaração considerada polêmica, que gerou questionamentos em redes sociais até hoje. Na época, ela afirmou que existe uma ideia “equivocada” de que crianças pertencem à família.

A procuradora argumentou que a família não tem um poder absoluto sobre os menores de idade e reforçou que os ensinamentos dos pais não devem prevalecer ante ao que é aprendido em sala de aula. 

Após algum tempo da declaração polêmica, o tema voltou a ser destaque na mídia em razão de parlamentares comentarem sobre o assunto, com o objetivo de criticar o atual ensino no Brasil.

Diante desse cenário, o tema também ressurgiu entre os internautas, que falaram sobre Deborah, relembrando que ela foi clara quanto ao posicionamento que apresentou: “o filho não pertence à família“. 

Nagib criticou as falas dela, argumentando que a procuradora estava defendendo que o professor poderia transmitir aos filhos de outros pessoas as convicções pessoais, no quesito moral, por exemplo. Assim, para ele, seria um absurdo e despropósito desconsiderar a influência familiar. 

Assista ao vídeo abaixo:

Atualmente, o assunto voltou a ser debatido em redes sociais, tanto por pessoas mais conservadoras quanto por progressistas. O tema ainda gera polêmica, pois coloca em cheque a autoridade aos pais na criação dos filhos.

Leia Também

Escrito por Andressa Cavalcante

Bacharel em direito, também possui formação no curso de Análise e desenvolvimento de sistemas, há 3 anos que trabalha como colunista em sites. Trabalha como Gerente de Mídia Social na página Garota Conservadora assim como em Loucos por Armas ambos do Facebook, no Instagram administra os perfis @versosdadireita e @blogconservadora

Next post

Ministra do Meio Ambiente? Atriz é cotada para assumir o cargo no governo de Bolsonaro

Apresentador da Record sofre infarto em avião e estado de saúde é revelado