in

Edison convidou Daniel para manter relações com a esposa, diz testemunha

Fonte: Banda B
Publicidade

A tragédia em torno da morte de Daniel ganhou uma nova polêmica na manhã da última quinta-feira (7). Uma testemunha declarou que Edison Brittes, que é o principal suspeito do assassinato, convidou o jogador para manter relações com a esposa dele, cujo nome é Cristiana Brittes. O fato foi informado por uma pessoa que conhece Edison e relatou o ocorrido ao site Massa news.

A testemunha falou que o suspeito do crime convidou Daniel para dormir com a esposa, que ele sabia o que estava acontecendo, a mulher dele também, ambas as partes firmaram acordo assim informou. Porém, depois que ele viu que os dois realmente ficaram juntos na cama, ele ficou revoltou e optou por matar Daniel. Foram essas informações que foram apresentadas, entretanto o caso ainda está sendo averiguado. 

Edison confidenciou ao amigo que estava usando cocaína além de outras drogas sintéticas antes de praticar o crime. A polícia segue investigando o caso, e está procurando saber a veracidade da informação. Até o presente momento não houve pronunciamento da polícia sobre os novos relatos apresentado, a informação somente poderá ser declarada como autêntica após a conclusão da investigação policial. 

Publicidade

O delegado que está investigando o caso Daniel analisou todos os depoimentos apresentados e optou por descartar a ocorrência de abuso contra a mulher do suspeito, levando em conta que não existem provas reais, apenas alegações da família de quem cometeu o assassinato.

Publicidade
Publicidade

O jovem jogava para o São Paulo e era emprestado para o São Bento (SP), ele surgiu na parte base do Cruzeiro. Anteriormente reforçou o Botafogo no ano de 2013, tendo espaço na equipe principal e conseguindo se destacar no ano seguinte. Já no período de dezembro em 2014, manteve conversa com o Palmeiras, mas foi não foi aprovado em virtude de exames médicos. Entretanto, não deu prosseguimento na carreira profissional pois faleceu. 

Lembrando que a vítima foi encontrada sem vida no último dia 27, tendo o corpo sido visto em uma plantação de pinos, na região de São José dos Pinhais, que está localizado na parte metropolitana de Curitiba. Tendo o cadáver sido encontrado por moradores locais que procuraram a polícia. 

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Andressa Cavalcante

Escrito por Andressa Cavalcante

Bacharel em direito, também possui formação no curso de Análise e desenvolvimento de sistemas, há 3 anos que trabalha como colunista em sites. Trabalha como Gerente de Mídia Social na página Garota Conservadora assim como em Loucos por Armas ambos do Facebook, no Instagram administra os perfis @versosdadireita e @blogconservadora