in

5 erros absurdos do final de Segundo Sol que talvez você não tenha notado

Publicidade

Nesta sexta-feira, 9 de novembro, a novela Segundo Sol chegou ao fim. No entanto, o desfecho da trama também teve os seus erros – ou pelo menos falta de histórias bem amarradas.

Publicidade

Como se já não bastasse ter que ‘engolir’ que Deborah Secco é filha de Adriana Esteves, algumas outras histórias intrigaram o público no último capítulo da trama.

Publicidade

1 – Karola fica maluca, mas não o suficiente

O último capítulo da trama começou com Karola e Laureta roubando um bebê. Na cena, Karola parecia meio desnorteada. Ou seja, ela teria enlouquecido, após saber de tantas informações estranhas e complicadas sobre sua vida.

No entanto, minutos depois, já em outra cena, Karola foi sã o suficiente para salvar Valentim de um tiro e acabou morrendo. Lucidez seletiva? Amor de ‘mãe’? O que importa é que faltou coerência.

Publicidade

2 – Karola contrariou as leis da física para salvar Valentim

A cena do tiro em Karola teve outro erro curioso. Enquanto Laureta já atirava para matar Valentim, Karola corria para proteger o filho. A cena mostra a bala saindo da arma lentamente e Karola sendo mais rápida que o tiro, percorrendo a sala inteira e entrando na frente de Valentim.

Confira abaixo o momento do tiro!

Agora veja como Karola é rápida. Há quem já acredite que ela poderia participar até das Olimpíadas.

3 – A roupa extra de bate bola que Laureta deu para Karola

Que Laureta é uma mulher desenrolada todo mundo já sabe, mas ainda há dúvidas sobre como ela conseguiu carregar uma cadeirinha de bebê embaixo da fantasia de bate bola. Mais tarde, ela apareceu com outra fantasia.

4 – Karola se fantasiou de bate bola mais rápido que o socorro de Beto Falcão

A fuga das duas foi tão eficiente que acabou sendo mais rápida que a chegada de Beto Falcão para salvar Luzia. Com um detalhe, deu tempo até de Karola se fantasiar de bate bola também. Essa vai para o guines.

5 – Laureta cometeu mil crimes e não ficou um ano presa

Tudo bem que a justiça brasileira as vezes é ‘cega’, mas o currículo de Laureta era amplo. Ela ficou menos de um ano preso na trama. Não deu nem tempo do bebê de Valentim nascer. Tenso.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Fernando B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.