in

Leilão pode vender Taça do Mundial do Corinthians de 2012 para outro clube

Fotomontagem: Bruno Avila / IG Esportes

A Justiça determinou a penhora da Taça do título da Copa Mundial de Clubes de 2012, do Corinthians. Mas a penhora pode ser revertida com um acordo judicial com o Instituto Santanense de Ensino Superior, que pede o pagamento do valor de R$ 2,48 milhões.

Entretanto, o presidente Andrés Sanchez tem se negado a pagar esta dívida e o juiz Luis Fernando Nardellii, da 3° Vara Cível de São Paulo, pode mandar a Taça à um Leilão. Assim ela ficaria à deriva e poderia ser comprada por qualquer um.

Caso vá à Leilão, a Taça pode ser comprada desde por apaixonados pelo Timão, até mesmo por outros clubes do futebol brasileiro, para se orgulharem de ter um troféu do rival. Com certeza seria um fator histórico, porém é difícil acontecer.

O portal do ‘GloboEsporte.com’ publicou que é possível acontecer um Leilão, mas o presidente Sanchez afirmou que resolverá a situação dentro de 48 horas, tirando a penhora da Taça.

No momento, a penhora da Taça da Copa Mundial de Clubes só não permite que o Timão venda ele ou execute trocar. Mas até o momento não perdeu a Taça e pode reverter a situação.

O processo da universidade vem desde 2008. Quando em 2010, o instituto conseguiu uma indenização na Justiça por acusar o clube de dificultar o acesso dos alunos a um campus da universidade que tinha no Parque São Jorge.

A indenização nunca havia sido paga pelo Corinthians, por sempre negar as acusações. Porém, agora, com uma outra ação judicial, a dívida foi cobrada e estimada no mesmo valor da Taça do Mundial de Clubes.

Leia Também

Escrito por Bruno Avila

Escritor de futebol e política desde 2016, quando comecei o trabalho na Blasting News. Hoje migrei ao 1news e sou um dos escritores mais lidos do site.

Next post

Celso Portiolli protagoniza barraco envolvendo nome de Bolsonaro: ‘Venezuela é logo ali’

Segundo Sol: Globo vaza final de Laureta e sua última maldade