Saiba o que Romildo e Bressan conversaram no vestiário do Arena

Leia também

Covid-19: estas são as sequelas que podem surgir nos pacientes recuperados da doença

Os pacientes que se recuperaram da Covid-19 podem sofrer com algumas sequelas.

Esta é a mensagem que uma criança com câncer deixou para a mãe

Nolan Strong, de apenas 4 anos, tinha um tipo raro de câncer terminal e deixou uma linda mensagem para a sua mãe antes de morrer.

Augusto Cury ensina como Jesus lhe ensinou a tratar depressão

Augusto Cury é psiquiatra e, como muitos da ciência, já foi ateu. Agora cristão, revelou como tratar depressão.

Você vai se emocionar com a reação deste cão vendo sua casa incendiada

Em 2018, na Califórnia, EUA, um incêndio destruiu cerca de 14 mil casas. Um cão sobrevivente voltou ao local e sua reação foi extremamente comovente.
Rômulo NC
Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.
Publicidade

O presidente do Grêmio, Romildo Bozan concedeu uma entrevista ao site do Globoesporte.com, para o repórter Eduardo Moura. Um dos principais assuntos foi a Libertadores.

Além do assunto em relação a Libertadores, Romildo também falou sobre a conversa que teve com o zagueiro Bressan. “Dei um abraço dele depois da partida, peguei no seu rosto, disse a ele: “Tu não tem culpa de nada. Cabeça para cima, cabeça erguida”. 

Publicidade
Publicidade

Romildo também disse que o ser humano é capaz de destruir as pessoas, mas que não coloca as responsabilidades nele, pois tem o maior respeito pela figura humana. O presidente também disse que acha Bressan um excelente zagueiro. 

Publicidade

Sobre o fato de responsabilizá-lo sobre algum erro, o dirigente esclareceu que o isenta de qualquer responsabilidade, pois quem ganha é o conjunto, quem perde também. O futuro de Bressan ainda não foi definido dentro do tricolor gaúcho. Seu atual contrato vai até o final de 2019. O presidente do Grêmio disse que não se sabe onde o atleta vai jogar na próxima temporada. 

Publicidade

Quem também falou sobre o zagueiro foi o companheiro de equipe Ramiro. O jogador disse que o amigo se cobra muito e estava desanimado com o acontecido, mas acabou sendo amparado pelo técnico Renato Gaúcho, além do apoio de toda a equipe. O atleta afirmou que não existe culpa A, B ou C. 

Depois de ficar um período parado por conta da lesão, Ramiro se mostrou mais confiante em sua recuperação, potencial físico e técnico. O craque foi escalado para atuar contra o Vasco e garante que o ocorrido com o Atlético-MG já foi superado pela equipe.