in

Ministério do Trabalho será extinto no governo de Jair Bolsonaro

MSN
Publicidade

Nesta quarta-feira (7) o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), afirmou após almoço no Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília, que o Ministério do Trabalho será incorporado a outra pasta. 

Sem entrar em muitos detalhes, Bolsonaro afirma que “O Ministério do Trabalho vai ser incorporado a algum ministério”. Tudo começou nesta segunda (5), após a equipe do presidente receber uma proposta de unir o Ministério do Trabalho (MTE) ao Ministério da Indústria (Mdic).

De acordo com a proposta, a união das mesmas permitiria o desenvolvimento de empreendedores, que querem inovar com produtividade. Em entrevista, o presidente eleito afirmou também um provável número de ministros que terá em seu governo: “talvez 17, é um bom número”.

Publicidade

Jair Bolsonaro disse que o futuro ministro das Relações Exteriores será um diplomata na área.

Publicidade
Publicidade

O general Augusto Heleno, que antes foi anunciado como ministro da Defesa, que agora assumirá como ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) e Sérgio Moro, atual ministro da Justiça, também participaram do evento.

Nesta terça-feira (6), a equipe de transição, afirmou que está estudando a possibilidade de extinção do ministério do Trabalho. O intuito é ligar a área a alguma outra pasta.

O Ministério do Trabalho, completa 88 anos no próximo dia 26 de novembro. De acordo com a nota emitida: “O futuro do trabalho e suas múltiplas e complexas relações precisam de um ambiente institucional adequado para a sua compatibilização produtiva”.  Esta pasta é responsável pela geração de empregos e também a modernização das relações de trabalho.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade