in

Bolsonaro nomeia mais condenados para transição e eleitores piram: ‘Decepção’

Imagem: Reprodução/TV Globo
Publicidade

Jair Bolsonaro (PSL), presidente eleito que assumirá o Poder Executivo federal em 2019, já começou os trabalhos para a transição da União para sua equipe. Ele nomeou diversos homens que ele considera essenciais para o seu governo. Apesar de apelo de seus eleitores, nenhuma mulher está incluída na lista.

Porém, o que chamou a atenção foi o nome de um dos donos da AM4, maior prestadora de serviços da candidatura de Bolsonaro, Marco Aurélio Carvalho. São 28 nomes que compõem a lista de membros da equipe de transição, publicados no Diário Oficial da União desta segunda (5/11).

Carvalho receberá remuneração de R$ 9.926,60 por mês. Ele esteve na reunião com outros membros da equipe: Onyx Lorenzoni, Augusto Heleno e Marcos Pontes.

Publicidade

Empresa foi acusada de infringir a lei eleitoral

Durante sua campanha, Bolsonaro pagou R$ 535 mil à empresa do indicado. Em denúncia do jornal Folha de S. Paulo, a empresa foi acusada de disparar mensagens via Whatsapp para possíveis eleitores e contra o PT. A prática é ilegal e vedada pela legislação eleitoral. A AM4 nega todas as acusações e disse que os grupos são criados organicamente pelos admiradores de Bolsonaro.

Publicidade
Publicidade

Condenado por estelionato

Outra informação que tem causado comoção nas redes sociais é que Julian Lemos (PSL-PB), da mesma equipe de transição, foi acusado por três vezes e preso com base na Lei Maria da Penha por ter agredido a ex-esposa e sua própria irmã.

Em 2011 Julian foi condenado em primeira instância por estelionato, porém o caso prescreveu antes de ir para a segunda instância.

Comentários ácidos contra Bolsonaro

Veja abaixo alguns comentário de eleitores e opositores de Bolsonaro após a divulgação da lista de nomes de pessoas que vão compor a equipe de transição para o novo governo.

Já página “Jair me arrependi” do Twitter ainda não se pronunciou. O perfil direcionado contra apoiadores de Bolsonaro e que faz publicações de eleitores decepcionados deu uma resposta às fake news associadas ao novo presidente.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Tô passado News

Escrito por Tô passado News

Assuntos chocantes, novidades da televisão e famosos e política: tudo você encontro aqui.