in

Bolsonaro nomeia mais condenados para transição e eleitores piram: ‘Decepção’

Imagem: Reprodução/TV Globo
Publicidade

Jair Bolsonaro (PSL), presidente eleito que assumirá o Poder Executivo federal em 2019, já começou os trabalhos para a transição da União para sua equipe. Ele nomeou diversos homens que ele considera essenciais para o seu governo. Apesar de apelo de seus eleitores, nenhuma mulher está incluída na lista.

Porém, o que chamou a atenção foi o nome de um dos donos da AM4, maior prestadora de serviços da candidatura de Bolsonaro, Marco Aurélio Carvalho. São 28 nomes que compõem a lista de membros da equipe de transição, publicados no Diário Oficial da União desta segunda (5/11).

Carvalho receberá remuneração de R$ 9.926,60 por mês. Ele esteve na reunião com outros membros da equipe: Onyx Lorenzoni, Augusto Heleno e Marcos Pontes.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Empresa foi acusada de infringir a lei eleitoral

Durante sua campanha, Bolsonaro pagou R$ 535 mil à empresa do indicado. Em denúncia do jornal Folha de S. Paulo, a empresa foi acusada de disparar mensagens via Whatsapp para possíveis eleitores e contra o PT. A prática é ilegal e vedada pela legislação eleitoral. A AM4 nega todas as acusações e disse que os grupos são criados organicamente pelos admiradores de Bolsonaro.

Condenado por estelionato

Outra informação que tem causado comoção nas redes sociais é que Julian Lemos (PSL-PB), da mesma equipe de transição, foi acusado por três vezes e preso com base na Lei Maria da Penha por ter agredido a ex-esposa e sua própria irmã.

Em 2011 Julian foi condenado em primeira instância por estelionato, porém o caso prescreveu antes de ir para a segunda instância.

Comentários ácidos contra Bolsonaro

Veja abaixo alguns comentário de eleitores e opositores de Bolsonaro após a divulgação da lista de nomes de pessoas que vão compor a equipe de transição para o novo governo.

Já página “Jair me arrependi” do Twitter ainda não se pronunciou. O perfil direcionado contra apoiadores de Bolsonaro e que faz publicações de eleitores decepcionados deu uma resposta às fake news associadas ao novo presidente.

Publicidade
Publicidade
Tô passado News

Escrito por Tô passado News

Assuntos chocantes, novidades da televisão e famosos e política: tudo você encontro aqui.