in

Danilo Gentili, Léo Lins e Lobão fazem velório do PT

Reprodução / Instagram Danilo Gentili
Publicidade

A apuração ainda não havia acabado e o humorista e apresentador Danilo Gentili iniciou uma transmissão ao vivo em seu canal no YouTube. Caixão, velas e a inscrição PT feita com bexigas enfeitavam o cenário.

Além de Gentili, participaram da live Felipe Hamachi, Filipe G. Martins, Rogério Morgado, Léo Lins e Lobão. “Se o Bolsonaro ganhar, a gente faz o enterro do PT. Se o Haddad ganhar, a gente faz o enterro do Brasil”, brincou Léo Lins. “No momento em que Bolsonaro ganhar nós acendemos as velas”,

Enquanto o cientista político Filipe G. Martins explicava o quão importante era a mudança que estava prestes a acontecer, a eleição de Bolsonaro foi confirmada. Todos comemoraram bastante a vitória.

Publicidade

A transmissão ao vivo foi dividida em duas partes porque depois de seis minutos no ar houve queda na live. Até o final da tarde desta segunda-feira, os dois vídeos somavam 1,2 milhão de visualizações.

Publicidade

Durante a transmissão, Danilo chegou a brincar que tinha mais audiência do que a TV Cultura. Os internautas participaram deixando comentários. “Agora vem o trabalho duro de verdade, desaparelhar as instituições como o ensino, e muitos outros que se posicionaram de forma a favorecer a esquerdalhada”, afirmou uma seguidora.

Na live, os participantes zoaram todo mundo. Rogério Morgado perguntou a Gentili como está a Kéfera, youtuber e atriz da Rede Globo, que teria brigado com a mãe por ela ter declarado apoio a Bolsonaro. Humoristas que se posicionaram a favor do PT e nunca sofreram censura por isso também foram criticados.

Gentili também relembrou a censura que sofreu no SBT quando fazia piadas com a ex-presidente Dilma Roussef (PT). Ele e sua equipe tiveram que parar de zoar a petista.

Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br