in

Meninas de 11 e 12 anos fizeram plano obscuro e satânico para esfaquear alunos em escola

Divulgação/Infobae
Publicidade

Duas estudantes do ensino médio com idades de 11 anos e 12 anos, na Flórida, foram presas quando planejavam esfaquear e matar vários estudantes na terça-feira (23).
Ambas as meninas foram acusadas de conspiração para cometer assassinato e porte de arma na escola. 

A polícia local disse que um professor da escola secundária de Bartow ouviu falar sobre o plano e notificou o diretor, que por sua vez chamou as autoridades.

O vice-diretor Chandra Johnson encontrou as duas garotas se escondendo em um banheiro antes que elas pudessem realizar o ataque, de acordo com o chefe da polícia de Bartow, Joe Hall. Elas estavam com uma xícara e um copo com álcool, de acordo com Johnson.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Hall disse que as meninas esvaziaram seus bolsos na mesa do diretor Christopher Roberts e uma delas pegou uma faca e um apontador de lápis. Quando formam questionadas sobre o assunto, elas relataram que estavam planejando atacar e matar o máximo de alunos que podiam.

A polícia de Bartow revistou as duas garotas e encontrou várias facas, incluindo uma de açougueiro. Em depoimento as meninas alegaram que queriam matar ‘pelo menos 15 alunos’ e o ataque ia acontecer no banheiro.

Elas nos disseram que eram adoradores de SatanásElas fizeram comentários de que estavam dispostos a beber sangue e possivelmente comer carne das vítimas“, disse Hall.

Um mapa escolar desenhado à mão foi encontrado durante uma revista na casa de das meninas. “Vamos matar no banheiro“, estava escrito no mapa.
Mensagens encontradas nos celulares das meninas indicaram que eles planejavam ‘deixar partes do corpo na entrada’ e cometer suicídio após o ataque. 

Publicidade
Publicidade
Francisco Nunes

Escrito por Francisco Nunes

Barbeiro profissional.