in

19% dos eleitores de Ciro Gomes pretendem votar em Bolsonaro contra o PT

Montagem / Caldeirão Político
Publicidade

A esquerda brasileira se dividiu entre Ciro Gomes (PDT) e Fernando Haddad (PT) na disputa contra Jair Bolsonaro (PSL) no primeiro turno das eleições presidenciais. Haddad passou ao segundo turno contra Bolsonaro, mas o candidato do PSL também receberá votos de quem optou por Ciro Gomes na primeira parte da corrida presidencial.

De acordo com levantamento divulgado pelo Datafolha na quarta-feira (10), 19% dos eleitores de Ciro Gomes pretendem votar em Bolsonaro no segundo turno. O número surpreende, mas é menor do que os que pretendem votar em Haddad: 58%.

Ainda entre os eleitores de Ciro, 15% pretendem votar em branco ou anular os seus votos. Oito porcento não sabe em quem votar. Ciro Gomes foi o terceiro candidato mais votado, com 13,34 milhões de votos (12,47% do total de válidos).

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Após a apuração, muitos petistas computavam os 13 milhões de votos como certos para Fernando Haddad, que recebeu 31,34 milhões e ficou atrás de Bolsonaro, que obteve 49,27 milhões.

Oficialmente, o PDT de Ciro Gomes anunciou ‘apoio crítico’ a Fernando Haddad, mas não participará da campanha. O candidato, inclusive, viajou para Roma, na Itália, ao lado da esposa.

O Datafolha ouviu 3.235 eleitores em 227 cidades das cinco regiões do Brasil. A pesquisa foi feita no dia 10 de outubro e tem margem de erro de dois pontos para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que a probabilidade de os resultados retratarem a realidade é de 95%, considerando a margem de erro descrita acima..

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!