in

18% dos eleitores de Marina Silva dizem que vão votar em Bolsonaro no 2º turno

Rede Sustentabilidade
Publicidade

Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) trabalham para manter os votos que receberam no primeiro turno e querem também os votos que foram dados a outros candidatos da corrida presidencial para vencerem o pleito do próximo dia 28 de outubro.

Publicidade

O Datafolha realizou levantamento que mostra para quem os eleitores dos candidatos derrotados no primeiro turno pretendem votar agora. Bolsonaro, que entrou em conflito com Marina Silva (Rede) no debate organizado pela RedeTV!, recebe 18% dos votos de eleitores da candidata derrotada.

Publicidade

Segundo o Datafolha, 37% dos eleitores de Marina Silva pretendem votar em Fernando Haddad. Ainda entre os “marinistas”, 11% não sabe ainda em quem vai votar e 33% dizem que vão votar em branco ou nulo.

A Rede, partido de Marina Silva, não se posicionou a favor de nenhum dos candidatos neste segundo turno, mas em nota oficial pediu que seus eleitores não votassem em Jair Bolsonaro.

Publicidade

O desempenho de Marina foi pífio. A candidata teve pouco mais de um milhão de votos e ficou atrás de nomes como Cabo Daciolo (Patriota). Em 2014, Marina deixou o primeiro turno com cerca de 21 milhões de votos. A ex-senadora e ex-ministra sempre teve muitos votos dos evangélicos, que nessas eleições migraram para Jair Bolsonaro.

A pesquisa Datafolha ouviu 3.235 eleitores em 227 cidades de todo o Brasil. A pesquisa foi feita no dia 10 de outubro. O nível de confiança é de 95% – o que significa que a cada 100 pesquisas, 95 teriam resultados iguais, respeitando a margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Preta Gil diz ter tido relação a 3 e usado pílula do dia seguinte com medo de engravidar

Arthur Aguiar faz linda pintura na barriga de grávida de Mayra Cardi e encanta internautas