in

Grupo de bruxos acusados de sacrificar crianças em rituais estariam sendo ameaçados

Extra Globo

O grupo da Tradição Athenas Pronaia que segue a religião Wicca foi vítima de boatos espalhados por um áudio que circulou nas redes sociais, o fato aconteceu em São João de Meriti, município da região metropolitana do Rio de Janeiro, os bruxos da Tradição foram acusados de sacrificar crianças em seus rituais.

No áudio, uma voz de mulher alerta a toda a população a tomarem cuidado com o grupo de bruxos que estariam preparando para sequestrar crianças para seus rituais, a mulher se dizia muito assustada.

Tudo começou quando um vídeo foi feito em uma das ruas mais movimentadas da cidade, os bruxos passavam vestidos com suas capas pretas e enquanto caminhavam repetiam a frase ‘Salve Hécate’. De acordo com a religião Wiccas, Hécate é a deusa dos caminhos e  das encruzilhadas.

Depois que o vídeo e o áudio foram divulgados a líder e sacerdotisa do grupo, Alana Coelho Vilar, contou que os bruxos estariam recebendo ameaças de morte de diversas formas, através de telefonemas anônimos, pela internet e até mesmo de seus próprios  vizinhos, eles estariam com medo de sair de casa, pois temem serem linchados pela população furiosa.

A coisa se tornou tão séria que até mesmo traficantes estão ameaçando os Wiccanianos. A sacerdotisa explicou que no momento que o vídeo foi feito eles estariam indo levar suas  oferendas à Deusa Hécate, logo em seguida retornaram para o templo.

A religião Wicca nasceu na Europa Ocidental e não possui nenhum tipo de ritual em suas celebrações, nem animal e nem de humanos.

Leia Também

Escrito por clau.

Claudinha

Fora da TV, Angélica diz ‘não’ para Globo

Adolescente não sabia que estava grávida até que deu a luz no chão da cozinha