in

Repórter da Band é agredida em ato pró-Bolsonaro com xingos e cabeçada

TV Foco
Publicidade

Nesse domingo (30), a jornalista da Band, Ana Nery foi agredida durante as manifestações que ocorreram na zona sul de São Paulo em favor de Bolsonaro.

Publicidade

Durante o programa de rádio nesta segunda-feira (01), a jornalista contou que foi um caso isolado de um eleitor fanático de Bolsonaro . Porém, Ana destacou que o rapaz não tinha relação nenhuma com a manifestação que foi pacífica e não teve nenhuma ocorrência registrada. 

Publicidade

Na hora do ocorrido a repórter estava entrevistando uma policial militar, foi quando o rapaz se aproximou e começou a xingá-la. 
 
Ana Nery disse que o rapaz a xingou sem ao menos procurar saber quem ela era.

A jornalista falou que a xingando ele difamou a imprensa de um modo geral. Na hora do ocorrido, a repórter disse que não fez nada, só terminou de entrevistar a PM e continuou fazendo o trabalho que estava ali para fazer. Porém, o rapaz veio atrás e continuou com os insultos.

Publicidade

Ana falou que o homem se aproximou e pediu seu crachá, mas a mesma o revidou dizendo que não lhe devia satisfações e que não iria ceder o seu crachá ao mesmo. A repórter disse que pegou o celular para fotografá-lo e ele lhe deu uma cabeçada.  

Porém, a mesma frisou que o rapaz acabou atingindo o celular que caiu em sua cabeça. Mesmo com o ataque a jornalista conseguiu registrar o momento do ataque. A imagem focou bem o rosto do agressor que estava com a boca aberta. 

Apesar de todo o transtorno na manifestação, a jornalista disse que recebeu apoio dos manifestantes que lhe prestaram socorro na hora do acontecido. Inclusive, alguns deles se ofereceram para testemunhar em seu favor caso fosse necessário.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.

Diretoria age rapidamente e Corinthians ganha reforço para final da Copa do Brasil

Bale pediu e craque do Arsenal entra na mira do Real Madrid