in

D’Alessandro explica a inusitada comemoração do seu gol de pênalti

Site Inter
Publicidade

Nesse último domingo (30), o Internacional enfrentou o Vitória disputando a vigésima sétima rodada do campeonato brasileiro. Com gols de Leandro Damião e D’Alessandro, o clube gaúcho ganha de virada do Vitória por 2×1 e continua vice-líder na competição. O jogo ocorreu no Estádio Beira-Rio, que foi palco para uma das comemorações mais inusitadas do futebol brasileiro.

Publicidade

Para a alegria de D’Alessandro, o técnico decidiu escalar o jogador desde o começo da partida como titular. E é claro que o meia acabou roubando a cena após fazer o gol de pênalti que garantiria a vitória do Colorado, seguido de sua comemoração um tanto criativa e original.

Publicidade

Mais tarde depois do fim da partida, em uma entrevista para a imprensa o jogador esclareceu o motivo da comemoração e retornou o questionamento sobre aqueles que duvidam do seu caráter.

Durante a entrevista, D’Alessandro falou que a comemoração imitando uma pessoa idosa segurando uma bengala imaginária após abraçar seus colegas de equipe foi uma resposta aos que não acreditam no caráter do jogador. O jogador tem 37 anos de idade e 10 deles são vividos dentro do Internacional.

Publicidade

O meia desabafou dizendo que as pessoas falam coisas sem saber e que é difícil para ele ter que ouvir isso, mesmo estando a dez anos no Rio Grande do Sul, os torcedores ainda continuam a questionar sobre sua idade, se ele reclamaria de ficar no banco de reserva e que até atrapalharia a equipe em si.

Veja o vídeo da comemoração da bengala imaginária e a sua explicação:

Na próxima semana, o Patrick retornará ao elenco principal após recuperar sua forma e D’Alessandro diz que respeita a decisão do treinador e continuará lutando pelo seu espaço entre os titulares. O gol do jogador foi importante para o Inter e, com a vitória, o clube alcançou os 53 pontos igualando ao líder Palmeiras, permanecendo atrás apenas por ter o saldo de gol inferior.

Publicidade

Leia Também

Morre Charles Aznavour, compositor da música tema do filme ‘Um lugar chamado Notting Hill’

Novo golpe no WhatsApp: não seja mais uma vítima