in

Luto: morre uma das cantoras mais queridas do Brasil

Reprodução Internet
Publicidade

O Brasil perdeu uma das suas estrelas mais queridas da música popular. No finalizinho da noite deste sábado (29), uma das vozes de maior sucesso do país morreu. A cantora Angela Maria era considerada uma das rainhas do rádio.

A artista tinha 89 anos e estava internada há 34 dias no Hospital Sancta Maggiore, localizado na cidade de São Paulo. Ela teve uma infecção generalizada e acabou não resistindo. O velório e sepultamento acontecem neste domingo (30), no cemitério de Congonhas, região localizada no sul do município de São Paulo.

O marido da cantora, o empresário Daniel D’Angelo, publicou em sua rede social um vídeo para falar sobre a morte da esposa. Visivelmente emocionado, o marido da artista comunicou aos fãs o falecimento da cantora. “É com meu coração partido que eu comunico a vocês que a minha Abelim Maria da Cunha, e a nossa Angela Maria, partiu, foi morar com Jesus”, falou o empresário.

Publicidade

A cantora Angela Maria fez muito sucesso principalmente nas décadas de 1950 e 1960. Foi nessa época, que ganhou o título de uma das rainhas do rádio. No entanto, o nome usado pela cantora era apenas artístico.

O nome dela era Abelim Maria da Cunha, nascida na cidade de Macaé, região do interior do Rio de Janeiro. Angela Maria passou sua infância em Niterói, São João do Meriti e também em São Gonçalo. Ela era filha de um pastor protestante e cantava desde criança nos corais das igrejas.

Antes de estourar na carreira de cantora, ela trabalhou como tecelã e também foi inspetora de lâmpada em uma fábrica, porém o seu maior desejo era ser cantora de rádio. No entanto, a família de Angela não apoiava o sonho.
 

No ano de 1947, ela começou a frequentar programas de calouros e escolheu o nome artístico de Angela Maria para que os seus parentes não descobrissem.