in

Tudo que você precisa saber sobre o carburador da moto

Pixabay
Publicidade

Os carburadores tem um papel muito importante na história da indústria de motocicletas e carros. Afinal, estamos falando sobre os primeiros dispositivos de alimentação de motor. Eles foram largamente usados até a década de 90.

Para que o combustível possa queimar e o motor funcionar, é necessário que ele se misture com a dosagem certa de ar. Nos motores com carburador todo esse processo é realizado de forma mecânica.

Características do carburador

O funcionamento do carburador é relativamente mais simples do que a injeção eletrônica. Aliás, esse é um dos motivos que mais contribui para que sua manutenção seja mais em conta.

Publicidade

O ponto chave que precisa ser entendido sobre os carburadores é que, como tudo é mecânico, ele não consegue se adaptar a variadas condições de uso. E esse é o principal motivo que faz com que o motor de carburador consuma mais combustível e seja menos eficiente na emissão de poluentes.

Publicidade

Essas características também impedem que esses motores possam desenvolver o máximo de sua potência, uma vez que é quase impossível se obter uma mistura entre combustível e ar que seja a ideal.

Fim do motor de carburador

Nos últimos dez anos, temos visto de forma cada vez mais evidente montadoras abandonando projetos com o carburador. A Honda, por exemplo, foi uma das grandes responsáveis pela popularização da injeção eletrônica em motos. Lá em 2008 a fabricante decidiu abandonar o antigo motor e agregar esse sistema de alimentação mais moderno nas motos da linha CG 150.

Desde então, o que temos acompanhado é o empenho e o número crescente de fabricantes que investem na injeção eletrônica. Além disso, um fator que deu força a esse movimento e empurrou ainda mais os carburadores para fora de campo foram os novos padrões de emissão de poluentes adotados em diversos países, incluindo o Brasil.

Um ponto interessante é que a injeção eletrônica é uma saída mais barata para que motos das categorias 125 e 150cc emitam menos poluentes. Essa alteração positiva para o meio ambiente até poderia ser feita com um catalisador e carburador potentes, mas isso sairia bem mais caro.

Denisson A. Soares

Escrito por Denisson A. Soares

Redator e Editor de Conteúdo. Escreve sobre tudo um pouco. Apaixonado por ciências, tecnologia, cinema e música.