in

Pai de adolescente que disparou contra colegas em colégio é preso

Bruna Kobus/RPC
Publicidade

Segundo a Polícia Civil, o pai do garoto de 15 anos que atirou em vários colegas em uma escola, no bairro de Medianeira, foi preso por porte de arma ilegal e omissão de cautela.

O pai do garoto está preso na cadeia da cidade desde o último dia 28 de setembro. O filho foi levado junto com um amigo suspeito de dar cobertura ao ataque, para o Centro de Socioeducação (Cense) de Foz do Iguaçu. O responsável pelo outro menor foi liberado. 

Ao todo, dois jovens foram atingidos pelos disparos da arma usada pelo garoto. Um deles acabou sendo atingindo na nuca e encaminhado ao Hospital do Trabalhador, em Curitiba; o outro apenas foi atingido de raspão em sua perna. Vale ressaltar que nenhuma das vítimas está correndo perigo de vida. 

Publicidade

O ataque ocorreu na manhã do próprio dia 28 de setembro, no Colégio Estadual João Manoel Mondrone. Na hora do atentado, pânico e correria tomaram conta dos estudantes e professores. Os policias militares, que chegaram a escola para prestar socorro, contaram que os dois envolvidos na ação jogaram explosivos para impedi-los de subir até o local onde estavam escondidos. 

Publicidade

Ao ser capturado pelos agentes, o garoto afirmou ter sido vítima de bullying no colégio, que tinha nove alvos em mente no qual vinha planejando o ataque desde julho. Os dois meninos estavam com revólver calibre 22, munição e uma faca. 

De acordo com a Polícia Federal, uma carta se desculpando e vários recortes de jornais que mostravam os ataques cometidos em outros países estavam com os garotos. No celular deles havia vários vídeos que incitavam violência. Na casa do garoto que atirou foram encontrados mais armas, facas e bombas. 

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Rômulo NC

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.