in

Ator ícone de Malhação foi mandado embora da Globo por fumar maconha

Rede Globo
Publicidade

A novela teen Malhação está no ar na Rede Globo há mais de 23 anos e muitos astros da emissora já passaram pelo folhetim que também revelou grandes atores, entre os mais conhecidos, por exemplo, estão André Marques, Cauã Reymond, Marjorie Estiano, Caio Castro e Sophia Abrahão. 

Se no começo a história da novela girava em torno de uma Academia, depois de algum tempo o enredo começou a se passar no colégio Múltipla Escolha, que foi o cenário de várias temporadas do seriado. 

A época do ‘Múltipla Escolha’ é vista por muitos como a melhor fase de ‘Malhação’ e um dos responsáveis pelo sucesso era o ator Charles Paraventi, que deu vida ao querido Professor Afrânio, que ficou no folhetim por 6 temporadas.

Publicidade

Anos depois de sua saída da trama, Charles declarou nessa quinta (27/09) ao ‘Notícias da TV’ que foi demitido da Globo em 2007 por conta do uso de entorpecentes. Um ano antes da demissão, o ator foi autuado duas vezes pela polícia do Rio de Janeiro portando maconha.

Publicidade

Os episódios contribuíram para que o ator fosse desligado de Malhação, já que muitos pais dos jovens telespectadores fizeram pressão através de e-mails, dizendo que se sentiram enganados por confiar no trabalho de Charles Paraventi.  

Charles se arrepende de ter saído dessa maneira da emissora e diz que hoje é muito mais discreto para não ter sua imagem ainda mais arranhada. ‘Eu tenho certeza que decepcionei muita gente e fiquei muito magoado com isso. Sei qual é a responsabilidade de fazer um personagem em que as pessoas acreditam e depois dar um mole desse’, disse o ator. 

A Globo não quis se pronunciar sobre o caso. 

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Jean Marangoni

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com