in

De volta à Record, Eliana revela a verdade sobre rivalidade entre Xuxa e Angélica

TV Foco
Publicidade

A apresentadora Eliana é uma das estrelas da emissora de Silvio Santos. A loira apresenta o programa dominical que é um dos sucessos da casa. Ela completou 30 anos de carreira e apesar de ter iniciado sua trajetória no SBT, esteve por bastante tempo na Record.

Eliana participou do Programa do Porchat nesta segunda-feira (24). Durante a entrevista, a loira relembrou com emoção detalhes de quando trabalhou na emissora do Bispo Edir Macedo. “Foi aqui que tudo aconteceu”, disse a apresentadora. A beldade contou como aconteceu a sua transição do público infantil para o comando de uma atração para toda a família.

Eliana contou que precisou fazer terapia com uma sexóloga para conseguir deixar o lado extremamente doce em frente às câmeras. Ela contou que precisou tirar o bloqueia e deixar a mulher aflorar. Ela também falou sobre um dos maiores sucessos, a criança da música ‘Os Dedinhos’.

Publicidade

A canção foi um dos hits da década de 1990 e marcou a infância de muitas crianças. A apresentadora revelou um detalhe curioso. Eliana disse que a música foi criada por causa de uma necessidade. Enquanto Angélica e Xuxa tinham um belo cenário e um balé, ela já não tinha nada.

“Comecei a cantar a ‘dancinha dos dedinhos’ para os meus sobrinhos e pensei: ‘As crianças gostaram, vou levar pro programa”, falou a loira. Porchat aproveitou para perguntar sobre uma possível inimizade entre ela e as outras apresentadoras. Eliana garante que isso nunca aconteceu.

A apresentadora contou que era toda certinha. Quando trabalhava com crianças evitava usar roupas sensuais e maquiagem pesada. Por esse motivo ao fazer a transição para o público mais adulto, precisou contar com a ajuda de um profissional.

Shyrlene Souza

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.