in

Pais bonitos tem mais chances de ter meninas, diz pesquisa; entenda o motivo

Divulgação/Mágica de Mãe
Publicidade

Uma tese defendida por um psicólogo do Japão mostra um dado um tanto inusitado. De acordo com o psicólogo, homens que são bonitos tem uma tendência maior a ter filhas meninas quando se tornam pais. A curiosa teoria do profissional é baseada em uma ideia de que a beleza do sexo masculino consegue influenciar o sexo da criança. 

O psicólogo acredita que o motivo seja porque os homens procuram primeiramente, a beleza nas parceiras, enquanto as mulheres, na hora de paquerar, procuram homens que inspirem segurança, ou seja, confiança e estabilidade. Portanto, essa combinação seria benéfica de alguma maneira para o nascimento de meninas.

A combinação de beleza seria uma estratégia para a reprodução. Essa hipótese, um tanto inusitada, faz parte de um estudo feito pelo psicólogo japonês Satoshi Kanazawa. O profissional escreveu um livro chamado Por que pessoas mais bonitas têm mais filhas?’.

Publicidade

No entanto, para concluir a sua tese, o japonês acompanhou o nascimento de 17 mil crianças na década de 1950. Na pesquisa realizada pelo profissional, a beleza dos bebês foi analisada por um ‘perito’. Os peritos davam uma nota para as crianças com a idade de sete anos.

Publicidade

Para chegar à conclusão do estudo, 45 anos após a avaliação, as crianças que foram entrevistadas na época e que haviam sido consideradas as mais belas tinham tido mais filhas do que filhos.

Ainda de acordo com a tese defendida pelo psicólogo do Japão, a questão da beleza acaba beneficiando mais o sexo feminino do que o masculino em termo de reprodução. O motivo é que os homens buscam parceiras mais bonitas, enquanto as mulheres procuram um homem que seja confiável e estável. Dessa maneira, o estudo do profissional concluiu que os pais bonitos produzem mais filhas, porque elas acabam se beneficiando mais da genética.

Publicidade
Shyrlene Souza

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.