in

Corinthians continua sem pagar ‘marmitas’ e Justiça toma decisão

Fotomontagem: 90min/Bruno Avila
Publicidade

Há alguns meses surgiu uma grande polêmica sobre um atraso no pagamento do Corinthians para a empresa Refine Comercial, que fornecia marmitas para os jogadores e funcionários do Timão. A diretoria corintiana teria pagado o valor cobrado, dívida inicial que era de R$ 130 mil, mas o problema continua.

A dívida inicial foi paga pelo Corinthians, porém a empresa voltou a cobrar o time pela Justiça pelo não pagamento de uma correção monetária. De acordo com a empresa, o Corinthians deveria ter realizado o pagamento em janeiro, mas só quitou a dívida em maio. 

Agora a empresa cobra R$ 3900 por conta da correção monetária. Não demorou para alguns torcedores se manifestarem e fazerem piadas com a situação. Alguns torcedores rivais ridicularizaram o Timão nas redes sociais.

Publicidade

A diretoria corintiana deve correr atrás para pagar o valor imediatamente, até porque é um valor que não é significativo para o Corinthians e notícias como esta saindo na imprensa acaba fazendo com que a reputação do Alvinegro de Itaquera fique um pouco ruim. Além de levantar questionamentos sobre a diretoria. 

O time já teve um grande prejuízo para a imagem da atual gestão do Timão após saírem diversas notícias sobre a dívida da equipe com a empresa fornecedora de marmitas e a diretoria não quer viver isso novamente.. 

O Corinthians está na disputa pela Copa do Brasil e sonha em ganhar o título que dá um prêmio de R$ 50 milhões – o que ajudaria muito a equipe que está com muitas dívidas. Uma das maiores dívidas do alvinegro é em relação a construção da Arena de Itaquera, que já chega em quase R$ 2 bilhões

Bruno Avila

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com